Home Notícias Região Empresa de Paulínia é multada em R$ 5 mil por descarte irregular...

Empresa de Paulínia é multada em R$ 5 mil por descarte irregular em Nova Odessa

Compartilhe
Foto: Divulgação

Uma empresa de Paulínia foi multada em R$ 5 mil por descarte irregular em Nova Odessa. O despejo de produtos químicos, papelão e plástico foi descoberto pelo prefeito Benjamim Bill Vieira de Souza quando passava pelo bairro Ceci Ovos.

“Temos uma legislação própria, que penaliza quem descartar entulhos em nossa cidade. Além disso, temos realizado diversas ações de fiscalização para coibir esta prática, mas infelizmente ainda temos casos de pessoas que querem deixar seus entulhos em nossas ruas e estradas”, disse o prefeito.

-----TEXTO CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Cidade Responsável

Ele disse que fazia uma ronda pela região do bairro Ceci Ovos quando avistou o material descartado, entre eles produtos químicos, papelão e plástico. Técnicos da Secretaria de Meio Ambiente foram acionados e constataram que parte do produto químico estava em contato direto com o solo. “A região em que o descarte acontece fica próximo a uma de nossas represas de captação, o que poderia causar um dano muito grande e comprometer o nosso abastecimento”, afirmou Bill.

Diretora de Meio Ambiente, Fernanda Dagrela afirmou que devido ao tipo do produto descartado e proximidade com estação de captação de água, a empresa foi multada em R$ 5 mil. “É uma situação gravíssima e, por isso, foi aplicada a pena máxima”, afirmou.

Ela destacou que a lei municipal 2.883/2014 tipifica como crime ambiental o descarte de entulhos e outros materiais em áreas irregulares. “Temos locais adequados para o descarte de entulhos. Contamos com a colaboração da população para ajudar a manter a cidade limpa”, disse.

Denúncias de descartes irregulares podem ser feitas no setor de Meio Ambiente da Prefeitura de Nova Odessa, localizada na Avenida João Pessoa, 777 – Centro, ou pelo telefone (19) 3476-8600, pelos ramais 277, 293 e 314.Também é possível entrar em contato com a Guarda Civil Municipal pelo telefone 153.

Mineiro

Refis
Compartilhe