Saúde

Cerveja combate a gripe, melhora sistema imunológico e diminui chances de alzheimer, dizem cientistas

0
Foto: Pixabay
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Maratona

Cientistas japoneses publicaram um estudo na revista científica Medical Molecular Morphology,comprovando que o lúpulo presente na cerveja possui propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes. É isso mesmo que você leu, a cerveja, consumida em moderação, faz bem à saúde. O La Rambla Mooca listou uma série de benefícios da bebida.

COMBATE A GRIPE
Cientistas japoneses publicaram um estudo na revista científica Medical Molecular Morphology,comprovando que o lúpulo presente na cerveja possui propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, capazes de inibir a multiplicação do vírus respiratório, contribuindo além do combate a gripe, também para a prevenção da pneumonia.

------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Portal telegram

DIMINUI A PROBABILIDADE DE ALZHEIMER
A cerveja, pode reduzir em até 23% a probabilidade da pessoa sofrer disfunção cognitiva ou mal de Alzheimer na velhice, essa informação pode ser encontrada em um estudo publicado em 2011 pela Universidade de Lyola, nos EUA.

AJUDA A CONTROLAR O SEU COLESTEROL
Nas cervejas escuras principalmente, existe fibra solúvel. E as fibras são responsáveis por reduzir os níveis de colesterol LDL, com isso, reduzindo o risco de doenças cardiovasculares.

DIMINUI O ENVELHECIMENTO PRECOCE
A cerveja, possui um polifenol em seu lúpulo, o xanthohumol, com propriedade antioxidante, impedindo a ação danosa dos radicais livres, que causam o envelhecimento precoce. Não somos nós que estamos dizendo, e sim um estudo da Universidade de Lanzhou, na China, divulgado em 2015 pelo Journal of Agricultural and Food Chemistry , essa propriedade beneficia, inclusive, as células cerebrais.

DIMINUI O RISCO DE DIABETES TIPO 2
Na Holanda analisaram 38.000 profissionais de saúde masculinos, e descobriram que o consumo moderado de cerveja diminui, ao longo de quatro anos, a probabilidade de desenvolver diabetes tipo 2.

AJUDA A FORTALECER OS OSSOS
A cerveja pode beneficiar a saúde dos ossos e do tecido conjuntivo, tudo por conta do silício presente na bebida, que ajuda a melhorar a densidade óssea, segundo um estudo do Kings College, em Londres. A substância, encontrada no grão da cevada, é mais abundante nas cervejas do tipo ales e nas lagers.

POSSUI MENOS CALORIAS QUE UM SUCO DE LARANJA
Um copo de cerveja possui 120 calorias, contra 180 calorias num copo de copo de laranja sem açúcar.

AJUDA A TRATAR INSÔNIA
O efeito sedativo da cerveja, de acordo com uma pesquisa realizada pela University of Extremadura, na Espanha, pode ser ideal para o tratamento de insônia e distúrbios associados ao sono, já que o lúpulo presente na bebida aumenta a atividade do neurotransmissor GABA, substância que apresenta efeito sedativo e diminui a ação do sistema nervoso, preparando o organismo para um sono tranqüilo.

É A BEBIDA ALCOÓLICA MAIS NUTRITIVA
A cerveja é a bebida que possui mais possui compostos nutritivos, principalmente vitaminas do complexo B, minerais como fósforo, selénio, magnésio e algumas fibras solúveis.

MELHORA O SISTEMA IMUNOLÓGICO
O consumo moderado de cerveja traz benefícios para o sistema imunológico, tornando o organismo mais resistente a algumas infecções, conforme um estudo publicado na revista científica Annals of Nutrition and Metabolism.

AUMENTA A CRIATIVIDADE
Segundo um estudo publicado no jornal Consciousness and Cognition, o consumo de cerveja com moderação faz com que as pessoas fiquem mais espertas e criativas.

ÓTIMO REMÉDIO CONTRA PEDRAS NOS RINS
Como todos sabem, a cerveja é , reconhecidamente diurética, estimulando o fluxo de urina , agora uma pesquisa da Harvard School of Public Health mostrou que a bebida pode reduzir sensivelmente o risco de formação dos cálculos renais, até em proporção maior do que chá.

CERVEJA É UM PRODUTO NATURAL
Por norma, a cerveja não tem corantes nem conservantes, ela é produzida a partir de elementos naturais como água, grãos de cevada maltados e lúpulo, sendo que este último é o responsável pelo sabor e aroma desta bebida.

Previne o surgimento de doenças cardiovasculares
A revista científica The Lancet, publicou um estudo holandês, onde constatou que pessoas que bebem cerveja regularmente apresentam taxas de vitamina B6 cerca de 30% mais altas quando comparadas a exames de outros que não costumam consumir a bebida. A vitamina B6 é responsável por ajudar a eliminar a homocisteína, substância que, em excesso contribuir para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Existe também uma pesquisa do Centro de Pesquisa Cardiovascular de Barcelona, na Espanha, que demonstrou que a cerveja possui efeito protetor do sistema cardiovascular, reduzindo a cicatriz no coração provocada por um infarto agudo do miocárdio.

CPFL e Defesa Civil instalam placas com pontos de fuga da barragem de Americana

Notícia Anterior

Rafael Macris defende Reforma da Previdência na “Greve Geral” de Americana

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Saúde