Cotidiano

Cristiano Aro é preso em operação de fraude de combustíveis  

0
Foto: Reprodução/Facebook
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Tivoli Teatro

O empresário Cristiano Fontes Aro, dono do escritório Aro Contabilidade, foi preso nesta segunda-feira(3), em uma operação do GAECO (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado de São Paulo).

A operação batizada de Lídima, prendeu 17 pessoas suspeitas de participar de um esquema de adulteração de combustível, usando solvente e água.

A prisãofoi decretada pela Justiça de Serra, no Espírito Santo e cumprida pelos Policiais da CPJ (Central de Polícia Judiciária) de Americana.

A Polícia apreendeu na casa so empresário três carros, uma arma com registro vencido, além de documentos e computadores.


Restaurante de comida mexicana fecha as portas em Americana

Notícia Anterior

Primeiro shopping de Sumaré vai gerar 2,9 mil empregos

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano