Home Entretenimento Turismo Cinco lugares para fazer bate e volta próximos de São Paulo

Cinco lugares para fazer bate e volta próximos de São Paulo

Compartilhe
Ski Mountain Park em São Roque conta com pistas de esqui, treino e tobogã

Muita gente que mora em São Paulo não abre mão das funcionalidades que a cidade oferece. É tanta agitação que tem hora que dá vontade de fugir para um lugar mais tranquilo. Mas, quem conhece o típico paulistano sabe que quase sempre os planos de uma viagem ficam postergados.

Fique tranquilo! O Portal do Governo de São Paulo traz cinco dicas de cidades turísticas bem próximas da capital paulista para quem tem pouco tempo de fugir da rotina corrida. A partir de agora você não tem mais desculpas para adiar o seu descanso.

-----TEXTO CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------
Unicoo

VPT

Paranapiacaba
Quem está procurando um lugar tranquilo para passear não precisa ir muito longe. Com um toque britânico, a charmosa Vila de Paranapiacaba, pertencente ao município de Santo André, está localizada no limite entre o Planalto Paulista e a Serra do Mar. São aproximadamente 40 quilômetros da capital, com opção do acesso de trem da CPTM. Aos domingos, é possível viajar pelo Expresso Turístico da CPTM que sai da Estação Luz.

A Vila, nomeada pelos índios tupis, tem no seu nome o significado “de onde se vê o mar” e surgiu a partir da ocupação inglesa na Serra do Mar para a construção da estrada de ferro Santos-Jundiaí, no final do Século 19. O local é uma boa opção para os amantes da natureza e também de história.

São Roque
Outra boa opção para quem pretende ir e voltar no mesmo dia. A apenas 70 quilômetros da capital, a cidade conserva os ares de interior. No inverno, um bom vinho é a pedida ideal para aproveitar o clima gelado.

Quem vai com crianças no fim de semana pode aproveitar o Ski Mountain Park e a Fazenda Angolana. São atrações bem diferentes: o parque conta com pista artificial de esqui e outras atividades. Já na fazenda, os pequenos podem entrar em contato com a natureza e com animais.

Para os adultos, todos os anos, durante a primavera, São Roque sedia a maior festa do Estado voltada aos admiradores da alcachofra e vinhos. São preparados diferentes pratos com base na flor que se destacou na cidade e, como não poderia faltar, são servidas rodadas de vinhos para degustação.

Holambra
Um pedacinho da Holanda no Brasil! Localizada a pouco mais de 130 quilômetros de São Paulo e conhecida pelo cultivo de flores, a mistura dos dois países está sempre presente nessa charmosa cidade. Para quem não sabe, o projeto inicial dos imigrantes holandeses responsáveis por povoar Holambra era fazer da região a maior produtora de leite, e não de flores. A troca, idealizada pelos brasileiros e holandeses, deu certo. Hoje, a cidade é a principal exportadora do Brasil.

Embu
Localizada a apenas meia hora da capital paulista, na região de Itapecerica da Serra, Embu das Artes encanta por suas ruas de paralelepípedos e construções arquitetônicas típicas dos tempos do Brasil Colônia. Conhecido pela famosa feira de arte e artesanatos, realizada desde a década de 1960, o município recebe milhares de visitantes todos os fins de semana em busca de arte, cultura, lazer e boa gastronomia.

Embu das Artes fica a 30 minutos do centro de São Paulo. A melhor via de acesso ao município é a Rodovia Régis Bittencourt (BR 116), pelos quilômetros 279 e 282, a partir da Marginal Pinheiros, em São Paulo, e pela Rodovia Raposo Tavares/ Rodoanel ou também pela Avenida Prof. Francisco Morato. De metrô ou ônibus, é recomendável descer na estação Campo Limpo, da linha 5-Lilás (Capão redondo – Santo Amaro) do metrô. De lá, sai o ônibus intermunicipal com o letreiro Embu Centro, que vai até o centro de Embu das Artes. Assim como no metrô Capão Redondo.

Santos
A cidade mais conhecida do litoral de São Paulo fica a pouco mais de 70 quilômetros da capital. Berço do maior porto da América Latina, é também o maior município do litoral paulista. Por lá, além de toda a extensão da praia, há uma série de opções de lazer. O Aquário de Santos é um deles e é um dos mais visitados pelos turistas. Criado em 1945, é o mais antigo do país.

A cidade também abriga o Museu do Café, instalado no edifício da Antiga Bolsa Oficial do Café. O espaço apresenta ao visitante toda a trajetória da iguaria no Brasil e no mundo, com opções para degustação e compra.

Vivo


FRAME
Compartilhe