Brasil

Casal gay é o primeiro do Brasil a ter filhos com genética dos dois pais

0
Foto: Mariana/Rafael Nunes
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Semana do consumidor

Nasceram na noite da última quarta (23), as primeiras crianças brasileiras geradas com material genético de dois pais cisgênero. Marc e Maya são filhos do casal Gustavo Catunda e Robert Rosselló.

A fertilização foi autorizada após uma Resolução do Conselho Federal de Medicina (CFM), que permite utilizar óvulos de parentes, de até quarto grau, para gerar bebês. Foram usados os óvulos de Camilla Catunda, a irmã de Gustavo, e o útero de Lorenna Resende, prima dele, além do material genético do pai.

Antes da nova resolução, a doação deveria ser anônima e sem relações de parentesco.

“Não temos palavras para expressar nossa gratidão pelo que nossa prima fez por nós. Seremos eternamente gratos pelo que ela fez por nós. E desejamos que ela receba todo o amor do mundo neste momento de recuperação da gravidez”, disse o casal no perfil.

A experiência durante todo o processo foi compartilhada através de um perfil no Instagram (https://www.instagram.com/2depais/)

Lorenna agradeceu a confiança do casal e ‘passou o bastão’ aos pais. “Missão cumprida papais (a minha pelo menos), agora passo meu bastão e desejo todas as coisas incríveis da vida, força e muita sabedoria. Ah, e nunca se esqueçam, vocês não estão sozinhos”, disse ela.


Anvisa autoriza o primeiro autoteste de covid-19 que faz uso da saliva

Notícia Anterior

Juninho Dias cobra retorno das cirurgias eletivas em Americana

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Brasil