Política

Denis Andia e Rafael Piovezan filiam-se ao MDB

0
Foto: Divulgação
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
FAM 2023

O prefeito de Santa Bárbara d’Oeste entre os anos de 2013-2020, Denis Andia e o atual prefeito barbarense, Rafael Piovezan, filiaram-se ao MDB em ato realizado nesta segunda-feira (28), no escritório político do ex-prefeito.

A ficha de filiação de ambos foi abonada pelo presidente nacional do MDB, deputado federal Baleia Rossi, em reunião que também contou com a participação do prefeito de Americana, Omar Najar, do vice-prefeito de Santa Bárbara d’Oeste, Felipe Sanches, do vereador barbarense pela sigla, Osvaldo Bachin Jr, do presidente do diretório municipal do MDB, Laerson Andia, da presidente do MDB Mulher São Paulo, Maria do Carmo, entre outras lideranças.

O ingresso no MDB abre caminho para a candidatura de Denis Andia a uma vaga de deputado federal pela região, nas eleições de outubro e fecha as portas para o vereador americanense, Juninho Dias, que também era cotado para a disputa.

“Escolhemos dar sequência ao projeto que iniciamos em 2013 dentro de um partido muito forte nacionalmente e com maiores chances de eleição. Sabemos que o momento é de uma oportunidade única de trabalho para a nossa região, de um possível mandato que estará mais próximo aos prefeitos e olhando para as necessidades reais e do dia a dia das pessoas, através daquilo que aprendemos como gestor público durante oito anos. A mudança junto com o Rafael Piovezan me estimula ainda mais a seguir adiante. Assim como, o apoio do amigo Omar Najar nos faz pensar em algo maior que podemos realizar juntos pela região. Por fim, a presença do presidente nacional do MDB, Baleia Rossi, numa semana tão concorrida como esta por conta dos prazos de filiação em todo o Brasil, nos dá a certeza de que ingressamos com muita força para os projetos que virão adiante”, disse o ex-prefeito Denis Andia.


Dr. Daniel quer que prefeitura instale wi-fi nas unidades de saúde

Notícia Anterior

Após denúncias, ministro da Educação pede exoneração do cargo

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Política