Saúde

Extrato de jabuticaba criado na Unicamp vira remédio para diabete e colesterol

0
Foto: Divulgação
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Maratona

Um extrato descoberto por um grupo de pesquisadores do Instituto de Biologia (IB) da Unicamp vai virar remédio para combater a diabete e o colesterol. Os resultados do estudo foram publicados no Journal of Functional Foods. O medicamento irá ser comercializado pela Ruben Extratos.

“Observamos que a ingestão do extrato da casca da jabuticaba por camundongos envelhecidos, submetidos a uma dieta com alto teor de gordura, também causou a diminuição no ganho de peso e da dislipidemia [aumento de gordura no sangue] e da hiperglicemia [excesso de glicose no sangue] e melhorou o HDL [colesterol bom] dos animais, entre outros benefícios”, disse Valéria Helena Alves Cagnon Quitete, professora do IB-Unicamp e coordenadora do projeto

------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Portal telegram

O extrato da casca da fruta nativa da Mata Atlântica foi desenvolvido em uma parceria entre pesquisadores do IB e da Faculdade de Engenharia de Alimentos (FEA) da Unicamp. Um grupo de pesquisadores da FEA, coordenado pelo professor Mário Roberto Maróstica Junior, vinha estudando o efeito da adição da casca de jabuticaba na ração de camundongos.

Por meio da parceria, os pesquisadores conseguiram produzir um extrato da casca da fruta que pode ser administrado de forma controlada e com grande concentração de compostos bioativos – substâncias que ocorrem naturalmente em alimentos e que interferem positivamente no metabolismo, mas que não são nutricionalmente necessárias. O extrato resultou no depósito de uma patente, que está em processo de licenciamento por uma empresa brasileira.

EDITORIAL: Onde tem problema ele não encontra a solução

Notícia Anterior

Senado aprova revogação de decreto que flexibiliza acesso a armas

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Saúde