Brasil

Michelle Bolsonaro diz que se vacinou nos EUA porque médico ofereceu o imunizante

0
Foto: Alan Santos/PR
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Tivoli Teatro

A primeira-dama Michelle Bolsonaro, de 39 anos, se vacinou nos Estados Unidos, durante a viagem da comitiva brasileira que acompanhou o presidente Jair Bolsonaro na 76ª Assembleia-Geral da ONU (Organização das Nações Unidas). A informação foi confirmada na noite de ontem(24), em uma nota divulgada pela Secretaria de Comunicação do Governo Federal.

“Antes de retornar ao país, [Michelle Bolsonaro] submeteu-se ao teste de PCR, obrigatório para autorização de embarque e, durante a realização da testagem, a Primeira-Dama foi indagada pelo médico se ela gostaria de aproveitar a oportunidade para ser vacinada. Como já pensava em receber o imunizante, resolveu aceitar”, disse a Secom em nota.

O assunto também foi tema da live do presidente na última quinta-feira. “Olha o que aconteceu com minha esposa agora nos Estados Unidos. Veio conversar comigo: ‘Tomo ou não tomo a vacina?’. Dei minha opinião, não vou falar aqui qual foi. Ela tomou a vacina. É maior de idade, tem 39 anos, e sabe o que faz”, disse Bolsonaro.

Embora tenha optado por não tomar a vacina no Brasil, Michelle disse que admira e respeita o Sistema Único de Saúde do Brasil.


Workshop de Noivas e Debutantes acontece nesta terça-feira com sorteio de R$ 2 mil

Notícia Anterior

Presidente Bolsonaro testa negativo para a covid-19

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Brasil