Brasil

Bolsonaro mente e diz que vacinas contra covid-19 causam HIV/Aids

0
Foto: Reprodução
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Tivoli Natal

O presidente Jair Bolsonaro usou suas redes sociais para espalhar mais uma informação falsa sobre a pandemia. Na última quinta-feira(21), em sua live semanal, o chefe do executivo associou a vacinação contra a covid-19 com a Aids.

“Outra coisa grave aqui, só vou dar a notícia, não vou comentar, já falei sobre isso no passado e apanhei muito. Relatórios oficiais do governo do Reino Unido sugerem que os totalmente vacinados, quem são os totalmente vacinados? Aqueles que depois da segunda dose, 15 dias depois após a primeira dose… estão desenvolvendo a Síndrome de Imunodeficiência(HIV/Aids) muito mais rápido que o previsto”, disse o presidente.

Em nota, a  Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) desmentiu a informação divulgada. “Não se reconhece nenhuma relação entre qualquer vacina contra a covid-19 e o desenvolvimento de síndrome da imunodeficiência adquirida(HIV/Aids)”, disse a entidade.

A informação também foi desmentida pelo site Aos Fatos, especialista em checagem de informações. De acordo com a publicação ‘Os documentos citados nos textos não associam em nenhum momento a doença à vacinação nem medem o nível de imunidade proporcionado pelas vacinas”. Leia na íntegra aqui.

Segundo o Aos Fatos, em 1024 dias, o presidente Bolsonaro já deu 4.147 declarações falsas ou destorcidas.


Prevent Senior se compromete a não distribuir remédios sem eficácia

Notícia Anterior

PAT disponibiliza 388 vagas de emprego

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Brasil