Mundo

Musk é acusado de mostrar parte íntima para comissária da SpaceX

0
Foto: Pixabay
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Semana do consumidor

Uma comissária da empresa SpaceX, de Elon Musk, acusa o bilionário de mostrar o pênis para ela em um jato particular e pagar cerca R$ 1,2 milhão pelo seu silêncio. O caso teria ocorrido em 2016.

A denúncia consta em uma reportagem do site americano Business Insider, publicada na quinta-feira(19). O atendente trabalhou como membro da tripulação de cabine em regime de contrato para a frota de jatos corporativos da SpaceX.

Musk também teria esfregado sua perna sem consentimento e ofereceu um cavalo em troca de uma massagem erótica, de acordo com entrevistas e documentos obtidos pelo Insider.

Em sua conta no Twitter, o bilionário negou os abusos. “Os ataques contra mim devem ser vistos através de uma lente política – este é o seu manual padrão (desprezível) – mas nada me impedirá de lutar por um bom futuro e seu direito à liberdade de expressão”. “E, para registro, essas acusações selvagens são totalmente falsas”, afirmou.


Americana registra a madrugada mais fria do ano nesta sexta-feira

Notícia Anterior

Americana faz nova convocação de professores temporários

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Mundo