Região

Parque D. Pedro Shopping cria vagas de estacionamento exclusivas para pessoas com autismo

0
Foto: Divulgação
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Tivoli Teatro

O Parque D. Pedro Shopping, administrado pela Aliansce Sonae, anuncia a criação de vagas de estacionamento para facilitar o acesso de pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e seus acompanhantes. Todas as seis entradas (Flores, Águas, Colinas, Pedras, Árvores e Alameda) contarão, a partir desta quinta-feira (07), com o total de 12 vagas inclusivas que serão facilmente identificadas com o símbolo mundial do TEA no chão: uma fita com peças de quebra-cabeça multicoloridas.

A Lei 12.764, de 27 de dezembro de 2012, classifica a pessoa com TEA como pessoa com deficiência, permitindo, assim, que esta utilize as vagas especiais já existentes. Porém, o superintendente do Parque D. Pedro Shopping, Marcelo Zaffalon, reforça que, como o TEA não é uma síndrome visível, muitas vezes as famílias enfrentam situações de constrangimento ao utilizar essas vagas. “O intuito do shopping é acolher essas famílias, promovendo visibilidade, inclusão, respeito e a acessibilidade ao centro de compras e tornando as chegadas e saídas mais viáveis. Somos o primeiro shopping de Campinas a utilizar as vagas como forma inclusiva, princípio que permeia a nossa visão”, afirma Zaffalon.

Para Elaine Marques, criadora do aplicativo Rede Azul, que reúne estabelecimentos parceiros das pessoas com autismo na Região Metropolitana de Campinas, trata-se de um passo essencial para um mundo mais inclusivo. “São mais de 2 milhões de autistas no Brasil, e 400 mil só no Estado de São Paulo. E esse dado é de 2010, ou seja, está desatualizado. De qualquer forma, estamos falando de uma parcela muito grande da população que precisa de iniciativas como essa”, explica.

“A dificuldade de locomoção no caso do autismo ocorre não por causa de uma deficiência física, e sim devido à desordem sensorial e à rigidez comportamental que trazem vários prejuízos à locomoção do autista ou dos pais. Como pioneiro em Campinas, o Parque D. Pedro Shopping garante o bem-estar de milhares de famílias, além de incentivar que outros empreendimentos reforcem ações de inclusão”, completa Elaine, que é mãe da Alicia, diagnosticada com Síndrome de Asperger aos 12 anos.


Educação Adventista a Distância se consolida e espalha polos pelo Brasil

Notícia Anterior

Green Tower Residence inicia obras em Nova Odessa

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Região