Geral

Governador do Amazonas quer cobrar uso da marca Amazon de Jeff Bezos

0
amazon
Foto: Christian Wiediger/Unsplash
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
FAM 2023

O governador do Amazonas, Wilson Lima (União), disse nesta quarta-feira, 29, que pretende se reunir com a Amazon, empresa de tecnologia de Jeff Bezos, para “fechar parceria” e pedir explicações sobre o nome da empresa. “A Amazon usa o nome do Amazonas, da Amazônia. Quanto é que a gente ganha por isso? A gente tem que saber, esse é um dos questionamentos que a gente vai fazer lá”, disse Wilson Lima em entrevista a jornalistas, mencionando a Conferência das Nações Unidas para Mudanças Climáticas, COP28, que começa nesta quinta-feira, 30, em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

“Seria impensável que o Estado do Amazonas , que tem a maior extensão e floresta contínua do planeta, não estivesse participando de um evento como esse”, afirmou o governador em outro momento da entrevista. Wilson Lima disse ainda que vai apresentar na COP28 um programa de desmatamento líquido zero até 2030 e de venda de crédito de carbono.

canal whats

De acordo com o site da Amazon, o nome da empresa está relacionado ao Rio Amazonas. No início da criação de sites, a organização das buscas era por ordem alfabética, e Jeff Bezos procurou no dicionário uma palavra com a letra “a”.

“Surgiu, em algum momento, dessa busca na letra ‘a’ no dicionário, numa referência ao Rio Amazonas, o maior do mundo e com imensa diversidade de fauna e flora. Bezos ligou uma coisa à outra: queria que sua livraria fosse a maior e com o portfólio mais extenso do mundo”, diz o site da empresa.

A reportagem entrou em contato com o governo do Amazonas e aguarda resposta.



Prefeito Chico anuncia início da reforma da maternidade do Hospital Municipal

Notícia Anterior

Imprensa pode ser punida por indícios de falsidade em entrevistas, define STF

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Geral