Geral

Menina de 12 anos é encontrada morta após ser deixada em calçada; suspeito é preso

0
menina morta
Foto: Reprodução
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
FAM 2023

Uma menina de 12 anos foi abandonada na rua, em Belo Horizonte, na tarde de terça-feira, 16, e poucos minutos depois socorristas constataram que ela estava morta. Um homem de 25 anos, que não teve o nome divulgado, foi preso, suspeito de matá-la.

Uma câmera de segurança mostra que ele entrou em casa com a menina pouco depois das 10h e saiu às 13h, vestindo outra roupa e carregando a jovem – aparentemente desacordada – nos braços. Colocou-a na calçada, pouco à frente do portão de sua casa, e voltou para o imóvel. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas ao chegar constatou que a menina estava morta.

canal whats

As cenas foram registradas pela câmera de segurança da casa vizinha, onde mora o tio do suspeito. Ao ver as imagens, ele identificou o sobrinho, que foi preso.

Segundo policiais narraram à reportagem, em depoimento à Polícia Civil o rapaz afirmou que estava em um campo de futebol quando encontrou a menina inalando lança-perfume. Ela teria dito que estava passando mal e que precisava beber água. O rapaz, então, a levou para casa, onde ela se recuperou e, segundo ele, inalou mais lança-perfume. Então, voltou a passar mal, e o rapaz disse ter ido à calçada, acionado o Samu e pedido a ajuda de um pedestre que passava por ali. Essa pessoa – que ele não soube identificar – teria feito massagem cardíaca na menina, sem sucesso.

A parte final da versão contada pelo suspeito não corresponde às imagens, que só registraram o rapaz saindo de casa com a menina nos braços. O Samu chegou às 13h50 e constatou que a menina já estava morta – pela rigidez cadavérica, a morte já havia ocorrido há tempos.



Polícia Federal faz busca e apreensão na casa do deputado Carlos Jordy

Notícia Anterior

Prefeito Chico Sardelli demite superintendente do DAE

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Geral