Brasil e Mundo

Subprocurador pede afastamento de Bolsonaro e ministros

0
Foto: Reprodução/Agência Brasil
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Tivoli dois amores 2021

O subprocurador-geral do Ministério Público, Lucas Rocha Furtado, solicitou ao TCU (Tribunal de Contas da União), o afastamento temporário do presidente Jair Bolsonaro por possível omissão e inércia em relação ao combate ao coronavírus no país.

A representação enviada nesta sexta-feira(19), à ministra presidente do TCU, Ana Arraes, também pede o afastamento dos ministros da Saúde, Fazenda e Casa Civil.

No documento, Furtado pede que o vice-presidente, Hamilton Mourão, tenha a ‘legitimidade, a competência e a autoridade para nomear ministros para as pastas.

“Determinar cautelarmente o afastamento do presidente da República das funções e competências administrativas e hierárquicas relacionadas ao comando dos Ministérios da Saúde, da Fazenda, da Casa Civil e de outros eventualmente identificados como responsáveis pela inércia e omissão na execução das políticas públicas de saúde no combate à pandemia da Covid-19”, diz um trecho do pedido do subprocurador-geral.

Não há prazo para que o tribunal analise o pedido.


Ex-vereador divulga informação falsa e diz que ‘tudo pode funcionar’ antes das 20h

Notícia Anterior

Mega-Sena pode pagar R$ 45 milhões neste sábado

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.