Geral

Bolsonaro se reúne com Javier Milei na Argentina antes da posse

0
bolsonaro javier
Foto: Reprodução
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
FAM 2023

O presidente eleito da Argentina, Javier Milei, recebeu nesta sexta-feira, 8, o ex-presidente Jair Bolsonaro, que estará presente na transferência de poder no dia 10 de dezembro. O ex-mandatário brasileiro viajou ao país vizinho na quinta-feira, 7, para participar da solenidade. Embora tenha sido acompanhado por uma extensa comitiva de aliados, apenas alguns deles puderam participar do encontro reservado com o futuro presidente argentino.

Um vídeo que registrou cenas do encontro entre Bolsonaro e Milei mostra os dois acompanhados pelo ex-secretário de Comunicação da Presidência Fabio Wajngarten, pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP), pelo presidente do PL, Valdemar Costa Neto, e pelo ex-ministro Gilson Machado Neto em uma sala.

canal whats

A ex-candidata à Presidência da Argentina Patricia Bullrich, indicada por Milei para assumir a pasta da Segurança, também integrou a reunião.

“Foi uma reunião entre amigos”, disse Bolsonaro aos repórteres ao sair do encontro. “Ele fez um retrato de como está a Argentina (…). Ele esta bem consciente, lógico, da tremenda responsabilidade que tem, visto a situação como se encontra o seu país”.

“Ele tem esperança, com time que está formando, de realmente encontrar o ponto de inflexão e a Argentina voltar a ser realmente um país economicamente reconhecido no mundo todo”, acrescentou.

Milei será empossado no domingo perante o Congresso argentino e receberá os atributos presidenciais de seu antecessor, Alberto Fernández. Bolsonaro foi um dos apoios internacionais mais entusiastas que o libertário argentino recebeu durante a prolongada campanha eleitoral, que culminou com a sua vitória sobre o peronista Sergio Massa, no segundo turno de 19 de novembro.

“Não dou opinião sobre esse cara”, respondeu Bolsonaro quando a imprensa lhe questionou sobre a ausência do presidente Luiz Inácio Lula da Silva nos eventos. “Lula ladrão, seu lugar é na prisão!”, entoava paralelamente um grupo que acompanhava o ex-presidente.

Lula, tratado como “corrupto” por Milei durante a campanha eleitoral, desistiu de comparecer à posse e enviou o ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, como representante oficial do Brasil.

Outros líderes da direita convidados por Milei para os eventos são o primeiro-ministro húngaro, Viktor Orban, e o líder do partido espanhol Vox, Santiago Abascal.

Bolsonaro, que viajou para a Argentina junto com cinquenta governadores, legisladores e líderes políticos brasileiros relacionados, chegou à reunião com Milei depois de dar um passeio pela turística rua Florida, em Buenos Aires.

“O mundo está muito dividido entre esquerda e direita. Sou um pouco radical nesse assunto. Eles não são adversários, são inimigos”, havia declarado anteriormente à Rádio Mitre.



‘BBB 24’: Tadeu Schmidt anuncia tema da decoração da casa

Notícia Anterior

Hospital Municipal terá repasse anual de R$ 5,7 milhões do Ministério da Saúde

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Geral