Geral

Exposição dedicada a Chaves tem 20 cenários e mais de 2 mil objetos

0
chaves a exposição
Foto: Divulgação
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
FAM 2023

No ano passado, o seriado mexicano Chaves completou 40 anos desde que foi ao ar pela primeira vez no México. Em 2024, completam-se 40 anos da primeira exibição no Brasil.

Para celebrar esses marcos de um fenômeno duradouro, o Museu da Imagem e do Som de São Paulo inaugurou Chaves: A Exposição, que abriu suas portas para visitação na sexta-feira, 5, no MIS Experience.

canal whats

Chaves, personagem criado por Roberto Bolaños, conquistou gerações de brasileiros, sendo reprisado durante anos pelo SBT até ter os direitos de exibição adquiridos pelo Multishow, último canal brasileiro a mostrar os episódios do seriado. Em 2020, o programa deixou de ser apresentado no Brasil e outros países do mundo, resultado de um problema comercial entre a Televisa, emissora original do programa, e os herdeiros de Bolaños.

De acordo com Felipe Pinheiro, produtor executivo da exposição, a chegada de Chaves ao MIS é mais uma demonstração da tradição do espaço em receber grandes exposições sobre sucessos da cultura popular. “Nosso objetivo, assim como foi o sucesso de Castelo Rá-Tim-Bum que o MIS fez, era trazer uma exposição completa de Chaves. São mais de 20 cenários, mais de 2 mil objetos e mais de mil metros quadrados construídos. Assim, temos a mesma riqueza de detalhes e a imersão que o castelo conquistou no MIS”, afirma.

Imersão

Alguns cenários foram reconstruídos para garantir a imersão completa aos fãs do garotinho que “morava” em um barril em uma vila.

“Durante a visitação, as pessoas poderão passar por vários cenários originais, tanto dos episódios de Chaves quanto de Chapolin, mas, além de entrar nos episódios, vão conseguir entrar nos cenários, sentar na escada da vila, na escola do Professor Girafales, fazer uma refeição no restaurante de Dona Florinda”, conta Pinheiro.

Estão à mostra itens originais do seriado, como o figurino de Chaves e de Chapolin, as armas do herói atrapalhado e as roupas de Dona Florinda e de Dona Clotilde, a Bruxa do 71. “A gente tem também os roteiros originais, manuscritos do Bolaños, episódios perdidos que nunca vieram para o Brasil”, diz o produtor.

Apesar de Chaves ser o principal personagem da exposição e um dos mais conhecidos de Bolaños, ao lado de Chapolin, a exposição também terá espaço para outras criações do comediante. “Dr. Chapatim, Chaparrón (Pancada Bonaparte) e Xaveco, ou seja, todos os personagens do mundo de Chespirito. Roberto Bolaños será mostrado como personagem, escritor e ator. Vai haver uma sala dedicada a ele, ao seu amor ao futebol, e uma linha do tempo de tudo que ele fez”, pontua Pinheiro.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.



‘Primeira vez que vejo minha filha lavando louça’, diz Zilu após estreia de Wanessa no ‘BBB 24’

Notícia Anterior

Planalto avisa a ministros do Supremo que Lewandowski irá para a Justiça

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Geral