Eleição 2022

Falhas nas propagandas de Bolsonaro no rádio foram culpa do PL e não do TSE, diz Fábio Faria

0
Foto: Agência Brasil
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Semana do consumidor

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, disse que está arrependido de ter levantado suspeitas sobre falhas nas inserções em emissoras de rádio dos programas da campanha do presidente Jair Bolsonaro(PL). Na segunda-feira, o ministro e a cúpula da campanha de Bolsonaro convocaram a imprensa para apresentar uma suposta auditoria nas rádios.

Em entrevista do Jornal O Globo, Faria disse que seu objetivo, ao convocar a imprensa para denunciar o suposto boicote à campanha de Bolsonaro era tentar um acordo com o TSE. Segundo Faria, as falhas eram do partido por perceber tardiamente o problema, e não do tribunal.

“Entrei nesse tema para resolver inserção via inserção, para tentar mediar um acordo entre o TSE e a campanha. Quando esse assunto escalou, eu sai. Eu me arrependi porque o assunto escalou. Se fosse o tema só a inserção, tudo bem. Mas como entraram em outro assunto… Ele não escalou só por isso (inserções), escalou pela denúncia do funcionário do TSE e pediram adiamento (das eleições)”, disse o ministro em entrevista ao Globo.

Por falta de provas, o presidente do TSE, Alexandre de Moraes, rejeitou a ação apresentada pela campanha de Bolsonaro.


Prefeitura vai refazer acesso ao Jardim Bertoni pela rodovia Anhanguera

Notícia Anterior

Última pesquisa IPEC: Lula tem 54% dos votos válidos, e Bolsonaro, 46%

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.