Uncategorized

Karol Conká revela que já bateu em professora após sofrer racismo

0
Foto: Reprodução/ Globoplay
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Tivoli dois amores 2021

A cantora e participante do reality Big Brother Brasil 21, Karol Conká, revelou aos parceiros de confinamento que já agrediu uma professora durante sua adolescência.

A agressão, de acordo com Coká, teria ocorrido após um episódio de racismo quando ela tinha 14 anos. “Eu mudei por causa de uma professora que eu tive. Ela pegou minhas tranças e me chamou de galinha d’ Angola. Aí eu bati nela”, disse ela durante uma conversa com Nego Di, Gilberto, Sarah, Juliette e João Luiz.

A cantora disse que os colegas de classe apoiaram a atitude. “O diretor chamou a minha mãe e eu fingi que estava possuída. Era na época do exorcista. Eu fui expulsa e tive que estudar em outro colégio”, contou.


Cozinheiro de Americana morre aos 51 anos vítima de infarto

Notícia Anterior

GAMA impede festa na Boate Tropical

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.