Geral

Bolsonaro chega na PF para depor sobre joias que tentou incorporar ao patrimônio pessoal

0
sede da polícia federal, em brasília.
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil Geral
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
FAM 2023

O ex-presidente Jair Bolsonaro acaba de chegar na Polícia Federal para, pela primeira vez, dar explicações oficiais sobre a tentativa de esconder do fisco caixas com joias e diamantes presenteadas pelo regime da Arábia Saudita. Bolsonaro recebeu pelo menos três caixas que estão avaliadas em cerca de R$ 18 milhões. Uma foi apreendida pela Receita Federal em outubro de 2021 e outras duas estavam em seu poder e, por ordem do Tribunal de Contas da União (TCU), tiveram que ser entregues pelo ex-presidente.

A Polícia Militar do Distrito Federal isolou o estacionamento do prédio da PF no centro de Brasília na manha desta quarta-feira à espera do depoimento de Bolsonaro.


📱Receba as notícias do Portal de Americana no seu WhatsApp, clique aqui

Desde que o caso foi noticiado pela primeira vez no início de março pelo Estadão, Bolsonaro tentou minimizar o caso, sem admitir que usou a estrutura do governo na sua gestão para se apropriar das joias. Quando ainda estava nos Estados Unidos, reclamou que estava sendo acusado por um presente que nem tinha chegado a ele. Na época se referia apenas à caixa com colar de diamantes, anel e brincos avaliados em R$ 16,5 milhões e que foram apreendidos pela Receita Federal ainda em outubro de 2021 no aeroporto de Guarulhos.

“Me acusam por um presente que não recebi, nem a primeira-dama”, declarou, em 4 de março nos EUA. Bolsonaro também alegou que não tinha usado a estrutura da Força Aérea Brasileira (FAB) para ir a buscar as joias em Guarulhos. “Não mandei nenhum avião da FAB. Para de maldade. Nunca abusei de autoridade com ninguém” declarou.



Vereador propõe implantação de experiências sensoriais para Pessoas com Deficiência em espaços públicos

Notícia Anterior

Prefeito Chico Sardelli determina o cancelamento de todas as multas dos novos radares

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Geral