Cotidiano

Ministério Público vai investigar área azul de Americana

0
Foto: Will Moreira/PA
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Maratona

O 2º Promotor de Justiça de Americana, Ivan Carneiro Castanheira, instaurou um inquérito para investigar a empresa Hora Park (Estapar) e da Prefeitura de Americana, responsáveis pelo novo sistema de Área Azul do município. No dia 26 de fevereiro, Rafael Macris fez uma denúncia ao MP.

As denúncias têm fundamentos e o objetivo da investigação é apurar eventuais irregularidades na concessão/execução do serviço de estacionamento rotativo (área azul) que estaria ocasionando, assim, supostos prejuízos aos consumidores/munícipes de Americana.

------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Portal telegram

O vereador apontou inúmeras irregularidades, entre elas, o tempo mínimo inferior à uma hora; o número de vagas que triplicou, passando de 600 para 2020, atingindo até áreas essenciais como os hospitais; o número e os locais das vagas para deficientes físicos e idosos; e as demarcações de vagas individuais;

Após protocolar as denúncias no MP, a empresa Estapar e a Prefeitura de Americana, realizaram algumas mudanças no sistema rotativo, provando que a Área Azul tinha irregularidades. “Faltam as demarcações das vagas individuais, o número e os locais das vagas de deficientes e idosos, e outras melhorias”, finalizou Rafael Macris.

Renato Martins obtém confirmação de verba federal de R$ 100 mil para a área da saúde

Notícia Anterior

Tivoli recebe festival de bolhas gigantes para crianças

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano