Cotidiano

Vereadores ‘arregam’ em votação de moção contra ataques de Brasília

0
Fotos: Divulgação
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
FAM 2023

Quatro vereadores ‘arregaram’ e fugiram de um dos principais compromissos na Câmara Municipal de Americana na sessão desta terça-feira(24), dia em que os parlamentares retomaram as sessões ordinárias.

Marcos Caetano(PL), Marchelo Meche(PL), Vagner Malheiros(PSDB) e Silvio Dourado(PL) se abstiveram na votação de uma moção de repúdio contra o atos antidemocráticos ocorridos em 8 de janeiro em Brasília. Em seu discurso, Malheiros disse que não entraria na polarização, mas a moção não toca no assunto político.

O texto, de autoria da vereadora professora Juliana(PT), repudia apenas os atentados graves feitos na capital federal.

“Os atos de vandalismo são inaceitáveis, inconstitucionais e ferem o Regime Democrático de Direito, pois atentaram contra a Ordem e o Patrimônio Público pertencentes ao povo brasileiro. Entendemos que toda manifestação expressada pela sociedade, de maneira pacífica e respeitando os princípios constitucionais do nosso país é bem-vinda. Porém, não podemos aceitar nenhum tipo de violência”, diz a autora.


Siga o @portaldeamericana no Instagram (clique aqui)

80 jovens participam de peneira no Rio Branco

Notícia Anterior

Em votação preconceituosa, 10 vereadores são a favor da homotransfobia em Americana

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano