Brasil e Mundo

William Bonner diz que nome do filho foi usado em fraude do auxílio emergencial

0
Foto: Reprodução
Tivoli drive

O apresentador William Bonner disse em sua conta no Twitter nesta quinta-feira(21), que o nome de um dos seus filhos foi usado para uma fraude no Auxílio emergencial oferecido pelo governo.

De acordo com o apresentador, o CPF do filho Vinicius tem sido usado para fraudes como compra de planos de Tv e assinaturas, mas desta vez foi usado para o cadastro do auxílio. “Estelionatários têm usado há 3 anos o nome e do CPF de meu filho para fraudes, como a abertura de empresas ou a contratação de serviços de TV por assinatura, entre outras”, disse.

” Na terça, dia 19, fui informado de que o jornal Meia Hora tinha obtido documentos do suposto registro de meu filho no programa de auxílio emergencial do governo. Meu filho não pediu auxílio nenhum, não autorizou ninguém a fazer isso por ele. Mais uma fraude, obviamente. Apresentados os fatos, o jornal corretamente não publicou a matéria. Mas, desta vez, o que vem à tona é ainda mais grave. Pelos critérios do programa de auxílio emergencial, alguém nas condições sócio-econômicas do meu filho não tem direito aos 600 reais da ajuda. “, contou Bonner.

A dúvida do apresentador em relação ao sistema do governo foi ainda mais longe. ” Portanto, quem quer que viesse a usar o nome, o CPF e dados pessoais dele deveria receber como resposta ao pleito um “não”. Mas, pelo que vimos ao consultar o site do Dataprev, o pedido de auxílio feito por um fraudador foi aprovado”, explicou.

” Quantos entre esses realmente fraudaram o programa? Meu filho não fraudou, é vítima e pode provar. Não se zelou pela aplicação do dinheiro público? Quem protege os cofres públicos da ação de estelionatários ou de pessoas mal intencionadas?”, questionou William sobre os critérios adotados pela Caixa.

You may also like

Comments

Comments are closed.