Cotidiano

Bispo de Limeira deve ser afastado nos próximos dias

0
Foto: Reprodução/Facebook
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Maratona

Dom Vilson Dias de Oliveira, Bispo da Diocese de Limeira, deve ser afastado nos próximos dias para a continuidade das investigações que envolvem seu nome e do Padre Pedro Leandro Ricardo. É o que garantem fontes ouvidas pelo Portal de Americana.

Vilson é acusado de crimes financeiros na diocese, de coação de padres e de acobertar denúncias contra Padre Leandro, que por sua vez é acusado de abusar de rapazes menores de idade. Pelo menos seis homens já procuraram a Polícia Civil para denunciar Leandro nesta semana. Há inquéritos policiais abertos nas delegacias de Americana, Limeira e Araras.

------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Portal telegram

Somando os casos relatados no dossiê anônimo entregue a polícia e que deu abertura as investigações, já passam de 10 denúncias de abusos sexuais cometidos pelo ex-reitor da Basílica de Santo Antônio.

Na segunda-feira(18), o Portal de Americana revelou em primeira mão que o vaticano mandou um representante para investigar os casos. Dom João Inácio Müller, que desde de 25 de setembro de 2013 é Bispo de Lorena foi enviado para Limeira para apurar os casos e já ouviu mais de 30 pessoas. Ele está colhendo depoimentos de padres e leigos da diocese, que possam contribuir com a investigação interna da igreja católica.

No início da semana fiéis da diocese protocolaram na Nunciatura Apostólica no Brasil -que é uma espécie de embaixada do Vaticano no país-, uma carta pedindo o afastamento de Vilson para que as investigações sigam de forma neutra. A carta recebeu dezenas de assinaturas.

Leandro e o Bispo Dom Vilson negam as acusações. 

Carro sobe em barreira do Viaduto Centenário 

Notícia Anterior

Relator no STF diz que homofobia deve ser tratada como racismo

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano