Cotidiano

Centro Infantil Boldrini ganha quatro mini Audis elétricos

0
Foto: Divulgação
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Tivoli Natal

Que criança não se diverte ao passear de carro em miniatura? Ainda mais se ele for elétrico e controlado por controle remoto. Pois essa será a realidade dos pacientes do Centro Infantil Boldrini, que recebeu nesta quarta-feira, 11, a doação do Grupo Dahruj de quatro mini carros elétricos infantis de controle remoto Audi R8 Spyder.

Muito mais do que brincar, os carrinhos serão utilizados durante o tratamento dos pacientes, para deixar as locomoções dentro do hospital mais divertidas. “Os quatro mini carros serão utilizados para transportar os pacientes do Centro Infantil Boldrini para as diversas áreas, como exames, consultas e centro cirúrgico. Duas unidades ficarão no hospital e duas no prédio da reabilitação. Assim as crianças poderão ir de maneira mais leve e divertida para procedimentos que às vezes podem assustar e causar uma certa tensão. O lúdico tem uma ação extremamente positiva no tratamento e a chegada desses carrinhos irá contribuir para que a criança possa ter esses momentos tão importantes de maneira mais leve”, afirma a presidente do Boldrini, Dra. Silvia Brandalise.

A ideia de doar os carrinhos para o Boldrini foi inspirada por uma ação social iniciada pela Audi na Espanha, que fez, pela primeira vez, este tipo de doação para um hospital de câncer infantil. O Grupo Dahruj, então, trouxe a ideia para o Brasil, beneficiando o Boldrini. “Nós, do Grupo Dahruj, conscientes de nossa responsabilidade social, procuramos promover o bem estar nas localidades que atuamos. O procedimento cirúrgico sempre é motivo de muita ansiedade e temor, e pensando nisso, esperamos com essa doação, auxiliar na redução do estresse e ansiedade, tanto das crianças como de seus familiares. Estamos muito felizes e honrados com essa parceria com o Centro Boldrini”, afirma Cláudio Dahruj, diretor executivo do grupo.


Observação no OMA acontece amanhã

Notícia Anterior

Rezende questiona falta de AVCB em prédios públicos

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano