Cotidiano

EDITORIAL: A Câmara precisa punir o assessor que transformou o plenário em um circo

0
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Semana do consumidor

A sessão da Câmara Municipal de Americana desta quinta-feira(2), foi a mais baixa da história recente do Poder Legislativo Municipal. As pessoas relacionadas ao gabinete do vereador Dr. Daniel Cardoso(PDT) – que tanto prega a moralidade – transformaram o plenário em um verdadeiro picadeiro de circo.

O debate que tinha por objetivo atender as necessidades de um hospital filantrópico da cidade se transformou em um caos. Adriana, que é esposa do vereador, entrou em uma discussão com voluntários da instituição que trata a saúde mental e chegou a chamar um dos presentes de ‘retardado’, um termo capacitista que deveria ser abolido do vocabulário de todos.

Marcelo Masoca, que ocupa uma das vagas do gabinete do médico libado há poucos meses, e que recebe um salário bruto de mais de R$ 6 mil – pagos com dinheiro público – também entrou na confusão e trocou ofensas com o vereador e líder de governo, Thiago Brochi(PSDB).

Aos gritos, o assessor e a médica formaram o elenco perfeito para o espetáculo de horrores que os munícipes presenciaram na casa de leis.

Munícipes esses, que esperam que o assessor – que já é reincidente em casos de desrespeito aos vereadores –  seja punido de acordo com o Estatuto dos Servidores Público Municipais de Americana,  que estabelece aos servidores a conduta compatível com a moralidade administrativa.

A Câmara de Americana, com toda sua história, não pode dar espaço e abrir precedentes para condutas deste tipo. A presidência da casa deve tomar alguma atitude e punir na forma da lei e com base nos regimentos internos  o assessor, antes que outras cenas desse show desprezível voltem a acontecer.


Prefeito Chico Sardelli testa positivo para COVID-19

Notícia Anterior

Emerson Royal divulga foto e agradece policial que o salvou de assalto

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano