Cotidiano

Hospital Municipal de Americana terá mais 10 leitos de UTI

0
Foto: Will Moreira
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Semana do consumidor

A Secretaria de Saúde de Americana anunciou que o Ministério da Saúde habilitou mais dez leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) adulto no Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi. A habilitação foi confirmada por meio da Portaria GM/MS nº 3.209, de 4 de agosto, publicada no Diário Oficial da União, na segunda-feira, 8 de agosto. O município passa a contar oficialmente com 16 leitos de UTI adulto, para atender a demanda local.

Com a habilitação, o Ministério da Saúde deve repassar o valor de R$ 600 reais/dia para cada paciente internado. O repasse é feito pelo Bloco de Manutenção das Ações e Serviços Públicos de Saúde – Grupo de Atenção Especializada da Média e Alta Complexidade (MAC), do Ministério.

De acordo com o secretário de Saúde, Danilo Carvalho Oliveira, o HM passou a utilizar esses leitos após a desmobilização do PAC (Pronto Atendimento Covid-19), o que somente foi possível devido à redução significativa nas internações pela doença. “Nós já tínhamos esses leitos equipados para atender pacientes graves acometidos pela Covid-19. Com a inativação do PAC, esses leitos foram disponibilizados para serem utilizados na UTI geral, porém eles ainda não haviam sido habilitados pelo Ministério da Saúde, o que significa dizer que não receberíamos nenhum recurso adicional para tratar os pacientes, o que agora será possível”, explicou Danilo.

Uma das principais vantagens da habilitação é a possibilidade em garantir leito em UTI para pacientes submetidos à cirurgia eletiva, além dos casos de urgência e emergência que chegam pelo pronto-socorro.

“Consequentemente iremos dar uma retaguarda às urgências, às cirurgias eletivas que eventualmente podem precisar de algum um leito de UTI e, claro, as cirurgias de maior complexidade. Indiscutivelmente um ganho para o Hospital Municipal e para a saúde de Americana”, concluiu o secretário.

Reforma da Ala 3 e nova UTI avança
A reforma da Ala 3 e da UTI adulto deverá ser concluída até o final do semestre. No setor já foram realizadas impermeabilização das paredes, substituição de portas e janelas, rede elétrica e sistema central de ar condicionado.

O local também já recebeu revestimentos nos banheiros e áreas úmidas, instalação de um balcão do posto de enfermagem e adequações hidráulicas. A próxima etapa inclui novas redes de informática, telefonia, gases medicinais, TV e videomonitoramento; substituição do forro e do piso; instalação de móveis planejados; além da instalação de exaustores nos banheiros, aparelhos de ar condicionado e bate-maca.

A reforma terá investimento total de R$ 872.362,45, sendo R$ 699.996,00 de recursos do Ministério da Saúde, por meio de emenda parlamentar do deputado Orlando Silva, R$ 133.423,34 de contrapartida da Prefeitura e R$ 38.943,11 de recursos próprios. A Secretaria de Gestão de Convênios é responsável pelo gerenciamento do trâmite burocrático, desde a formalização documental, disponibilização dos recursos, acompanhamento das obras e prestação de contas finais.


Madrugada deste sábado terá chuva de meteoros

Notícia Anterior

Começa a valer a multa de R$ 2,1 mil para quem passar trote para PM e bombeiros

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano