Cotidiano

Justiça arquiva processo sobre ‘prints’ do Padre Leandro

0
Foto: Reprodução/Facebook
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Maratona

A justiça mandou arquivar um inquérito policial que apurava falsa comunicação de crime e denunciação caluniosa contra o Padre Pedro Leandro Ricardo, reitor afastado da Basílica de Santo Antônio de Pádua. O inquérito não inclui a investigação de abuso sexual e outros crimes.

O inquérito foi aberto após o padre processar diversas pessoas de Americana e Araras, por compartilharem uma série de prints screens de uma conversa de cunho sexual, supostamente entre ele e um fiel da igreja. No primeiro processo movido por Leandro, ele negou as conversas e disse que se tratavam de montagem.

------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Portal telegram

No ‘meio’ do processo o padre desistiu da causa. Foi então, que as pessoas processadas, contrataram um perito para analisar as imagens e pediram que o padre fosse denunciado por falsa comunicação de crime e denunciação caluniosa.

No ano de 2016 o Portal de Americana tomou conhecimento das prints, mas foi proibido de noticiar através de uma liminar conseguida pelo Padre, junto ao Juiz de Direito da 3ª Vara Cível de Americana, Márcio Roberto Alexandre. A liminar proibiu a divulgação das prints sob multa em caso de descumprimento é de R$ 1 mil por dia. Essa decisão é citada na página 44 do dossiê que embasou a abertura dos inquéritos policiais de abuso sexual em Americana, Araras e Limeira.

O caso em questão era baseado em uma suposta conversa que o Padre Leandro teve com um rapaz frequentador da Basílica. Na conversa o padre pedia ‘nudes’ (fotos íntimas) para a vítima. A namorada descobriu e colocou as imagens no Facebook.

No caso do arquivamento, a justiça entendeu que não haviam indícios de que Leandro teria agido com dolo. A decisão do dia 25 é assinada pelo Juiz de direito Eugênio Augusto Clementi Junior.

A defesa de Leandro não foi encontrada para comentar o caso.

Bella Capri inaugura pizzaria com opções para quem têm restrições alimentares

Notícia Anterior

Taxa de desemprego sobe e fica em 12,4% em fevereiro

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano