Brasil e Mundo

Ministério da Saúde admite ineficácia de cloroquina e outros medicamentos do “kit covid”

0
Foto: Carolina Antunes/PR
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Tivoli Teatro

O Ministério da Saúde admitiu que os medicamentos que compõem o chamado “Kit covid”, defendido pelo presidente Jair Bolsonaro, não possuem eficácia contra o coronavírus.

A informação consta em notas técnicas enviadas pela pasta à CPI da Covid. Segundo o documento, alguns medicamentos foram testados e não mostraram benefícios clínicos nos pacientes.

“Alguns medicamentos foram testados e não mostraram benefícios clínicos na população de pacientes hospitalizados, não devendo ser utilizados, sendo eles: hidroxicloroquina ou cloroquina, azitromicina, lopinavir/ritonavir, colchicina e plasma convalescente. A ivermectina e a associação de casirivimabe + imdevimabe não possuem evidência que justifiquem seu uso em pacientes hospitalizados, não devendo ser utilizados nessa população”, diz o MS.

Os documentos foram emitidos pela Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias do Sistema de Saúde (Conitec), e chegaram à CPI da Covid em resposta à solicitação do senador Humberto Costa (PT-PE).


Americana registra mais duas mortes por covid-19

Notícia Anterior

Filho do ex-prefeito Omar é condenado a pagar indenização e pedir desculpas por ofensas

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.