Brasil e Mundo

Ministro de Bolsonaro visita fábrica de vacina contra a febre aftosa

0
Foto: Fernando Brito
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Tivoli dois amores 2021

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, visitou hoje (21) uma fábrica de vacinas veterinárias em Cravinhos, no interior paulista. Acompanhado da ministra da Secretaria de Governo, Flávia Arruda, o ministro da Saúde avaliou a possibilidade de as instalações, que produzem 80 milhões de doses da vacina contra a febre aftosa por ano, fabriquem também vacinas contra o coronavírus.

Em abril, o Senado aprovou um projeto de lei que autoriza fábricas de produtos veterinários a produzir também imunizantes contra a covid-19. O projeto, no entanto, ainda precisa ser aprovado pela Câmara dos Deputados.

“Essa fábrica possui uma tecnologia muito avançada de produção de vacinas, e as autoridades que fazem o controle sanitário, a exemplo da Anvisa [Agência Nacional de Vigilância Sanitária], já vêm fazendo uma análise, junto com o Ministério da Saúde, para verificarmos a possibilidade de, no curto prazo, produzir vacinas neste parque industrial”, disse Queiroga ao conhecer o complexo.

De acordo com o projeto de lei, os laboratórios de produtos veterinários devem cumprir todas as normas sanitárias e as exigências de biossegurança próprias dos estabelecimentos destinados à produção de vacinas humanas. Todas as fases de produção de vacinas humanas deverão ocorrer em instalações separadas de onde continuarão sendo produzidas as vacinas veterinárias.


Escolas municipais retomam as aulas presenciais na próxima segunda-feira

Notícia Anterior

Câmara repassa R$ 750 mil para compra de 20 mil testes rápidos de covid-19

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.