Cotidiano

Câmara repassa R$ 750 mil para compra de 20 mil testes rápidos de covid-19

0
Foto: Divulgação
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Tivoli Teatro

O prefeito Chico Sardelli, e o vice Odir Demarchi receberam nesta sexta-feira (21) o presidente da Câmara de Americana, vereador Thiago
Martins, e um grupo de vereadores que anunciaram a compra e doação de 20 mil testes rápidos para detecção da Covid-19. O Legislativo americanense vai
investir aproximadamente R$ 750 mil em recursos do duodécimo que seriam devolvidos à prefeitura.

Os testes rápidos serão adquiridos na próxima semana pela Secretaria de Saúde e vão permitir a descentralização do diagnóstico, que será feito em
quatro regiões da cidade: Antonio Zanaga, Parque Gramado, Cidade Jardim e Praia Azul, além da testagem no Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi.

O prefeito agradeceu a nova parceria com o Legislativo, que em março anunciou o repasse de recursos do duodécimo para a compra de 12 respiradores
também para o combate ao coronavírus. “Este é mais um gesto de grande responsabilidade que a Câmara Municipal presta junto ao município de
Americana. O Poder Executivo só tem a agradecer esse gesto de grandeza”, declarou.

De acordo com o presidente da Câmara, vereador Thiago Martins, o objetivo da ação é colaborar com a saúde pública ao agilizar o diagnóstico da doença,
permitindo o isolamento do infectado e o início do tratamento. “Os resultados dos testes atuais demoram cerca de 12 dias para ficarem prontos e
com o teste rápido, reduzimos este tempo para 15 minutos, já permitindo o início imediato do tratamento. Isso vai dar um resultado muito grande para a
cidade”, afirmou.

Também participaram do anúncio o chefe de gabinete, Franco Ravera Sardelli, o secretário de Governo, Jesuel de Freitas, e o comandante da Gama (Guarda
Municipal de Americana), Marco Aurélio da Silva.


Ministro de Bolsonaro visita fábrica de vacina contra a febre aftosa

Notícia Anterior

Homem morre ao tentar evitar roubo em sua casa no Pq. Novo Mundo

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano