Cotidiano

Partido de Bolsonaro aciona TSE contra Lollapalooza

0
Foto: Reprodução
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Semana do consumidor

O Partido Liberal, sigla do presidente Jair Bolsonaro, acionou o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra o festival de música Lollapalooza, após a cantora Pabllo Vittar exibir uma bandeira em prol do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao final de seu show nesta sexta-feira(25).

Ao fim de seu show, Pabllo pediu “Fora Bolsonaro”, pegou uma toalha de uma pessoa do público e exibiu durante sua passagem pela passarela do local. Além de Pabllo, outros artistas também se expressaram politicamente no evento.

“A manifestação política realizada em evento de responsabilidade da representada fere inúmeros dispositivos legais, conforme restará demonstrado, razão pela qual se faz imperiosa a intervenção desta Especializada”, diz um trecho do texto da apelação do partido ao TSE.

O partido pede para que a organização do evento Lollapalooza impeça a realização de qualquer tipo de propaganda eleitoral irregular antecipada ou negativa em favor ou desfavor de qualquer candidato, sob pena de multa por descumprimento, apuração do crime, e sem prejuízo de que a Justiça Eleitoral, em poder de polícia, impeça a continuação do evento.

Pabllo e o festival não se pronunciaram publicamente sobre o caso.

 


Viaduto Centenário será interditado neste domingo

Notícia Anterior

TSE acata pedido do PL e veda manifestação política no Lollapalooza

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano