Cotidiano

Americana é a cidade da região do polo têxtil que mais gerou empregos em novembro

0
Foto: Fernando Giordano Aéreas
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
FAM 2023

Americana registrou, em novembro, o saldo de 511 empregos, ficando à frente dos outros municípios da RPT – Região do Polo Têxtil. Foram 3.356 admissões e 2.845 demissões em Americana, no período.
Os números são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), divulgados pelo Ministério do Trabalho e Previdência.

Segundo o balanço, o maior saldo de empregos ficou com o comércio (324), seguido de serviços (197), indústria (65) e agropecuária (2).
No comércio, foram 1.088 admissões e 764 desligamentos; nos serviços, 1.345 admissões e 1.148 demissões; na indústria houve 724 admitidos e 659 funcionários desligados; e na agropecuária não ocorreu desligamento em novembro, com 2 contratações.

“Esse saldo de novembro é muito positivo, com Americana liderando as cidades da região na geração de empregos. É um resultado que deixa a gente muito feliz, visto que em 2021 já tivemos um saldo muito elevado, com um número de empregos superior ao período pré-pandemia. Diante disso, seria um grande desafio em 2022 manter esse saldo positivo, o que foi possível com muito trabalho do governo Chico Sardelli, com apoio de todos os empresários e empreendedores da cidade. Assim, foi possível manter esse saldo positivo levando Americana em novembro ao topo de todas as cidades da região no quesito geração de empregos. Seguimos com nosso trabalho tornando Americana cada vez melhor e mais próspera”, avaliou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Rafael de Barros.


Polícia Federal conclui que Bolsonaro cometeu crimes na pandemia

Notícia Anterior

Lula anuncia Tebet, Marina Silva e mais 14 ministros

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano