Cotidiano

Com mais quatro registros, Americana chega a 500 mortes por covid-19

0
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Tivoli dois amores 2021

A Prefeitura de Americana, por meio da Vigilância Epidemiológica, informou nesta terça-feira (4) que foram registrados mais quatro óbitos por Covid-19. Com os registros desta terça-feira, o município atingiu a marca de 500 vítimas fatais. A primeira morte confirmada pela doença ocorreu no dia 27 de março de 2020, ainda no início da pandemia.

Os casos de óbito foram:
– Um homem (43), morador do bairro Jardim Colina, sem informações de doenças preexistentes, que estava internado no Hospital Municipal e faleceu no dia 30 de abril;

– Uma mulher (84), moradora do bairro Jardim dos Lírios, sem informações de doenças preexistentes, que estava internada no Hospital Municipal e faleceu no dia 30 de abril;

– Um homem (67), morador do bairro Jardim América, sem informações de doenças preexistentes, que estava internado no Hospital Municipal e faleceu no dia 1° de maio;

– Um homem (35), morador do bairro Jardim Recanto, portador de Asma, que estava internado em hospital particular e faleceu no dia 4 de maio.

Novos positivos
O município também teve confirmados 109 novos casos, sendo 45 após realização de Testes Rápidos, dos quais 42 estão em isolamento domiciliar e três já se recuperaram; e 64 após exames PCR, dos quais 12 estão em isolamento domiciliar, 48 já se recuperaram, além dos quatro óbitos registrados.

Novos suspeitos
O boletim trouxe 22 novos casos suspeitos da doença.

Quadro geral
O quadro geral da Covid-19 em Americana é o seguinte: 16.341 casos positivos, sendo 21 internados, 500 óbitos, 368 em isolamento domiciliar, 15.452 recuperados e 106 casos suspeitos aguardando resultados de exames. Além disso, o município contabiliza agora 27.963 casos que eram considerados suspeitos, mas que já foram descartados pelo resultado de exame negativo.


Live transmitida pela APAE e pelo Portal de Americana arrecada R$ 12 mil para a entidade

Notícia Anterior

Expoflora é adiada para 2022

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano