Geral

Ex-policial militar que matou irmão em Campinas e fugiu do país é morto na guerra da Ucrânia

0
maxwell
Foto: Reprodução
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
FAM 2023

Ex-policial militar brasileiro, Maxwell Gomes Ribeiro, conhecido como Max Panavo, foi confirmado como vítima fatal durante os confrontos na Guerra da Ucrânia. A notícia foi divulgada por veículos de imprensa locais, embora o Itamaraty ainda não tenha feito nenhum pronunciamento oficial a respeito.

A morte de Panavo ocorreu em meio aos combates no Distrito Militar Norte, de acordo com relatos da mídia europeia. Nas redes sociais, ele era reconhecido por compartilhar informações e imagens das operações de guerra, o que o tornou conhecido entre os internautas. Segundo fontes, ele teria sido alvo de um ataque com drone das forças russas na região de Adviivka.


Participe do grupo de empregos do Portal de Americana no WhatsApp. Clique no link: https://chat.whatsapp.com/JbK7hgnUkWZ7g3vsCcGNj6

Leanderson Paulino, outro brasileiro integrante da legião internacional, também confirmou a morte de Panavo em suas redes sociais.

Max Panavo deixou o Brasil após disparar sete tiros contra seu próprio irmão, Rudson Ribeiro, de 41 anos, durante uma discussão em Campinas, São Paulo, em 2019. Na ocasião, ele se entregou à polícia, foi detido e posteriormente expulso da Polícia Militar.

Após o crime, ele permaneceu sob prisão temporária até ser liberado provisoriamente, oportunidade que aproveitou para fugir do país. Sua adesão às tropas ucranianas ocorreu em meio a esse contexto de fuga e busca por novos rumos.




Americana terá Centro de Referência do Autista

Notícia Anterior

Motorista morre em acidente na Rodovia dos Bandeirantes

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Geral