Cotidiano

Kim gastou R$ 5.681,37 com gabinete na Câmara em 2018

0
Foto: Divulgação/Câmara
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Tivoli Teatro

O vereador Marco Antonio Alves Jorge, o Kim (MDB), lidera os gastos de gabinete da Câmara Municipal de Americana no ano de 2018. De acordo com o site de transparência da casa, ele gastou R$5.681,37 com correspondências, fotocópias, telefones móvel e fixo e combustível.

Judith Batista (PDT) ocupa o segundo lugar com R$4.435,19, seguida por Welington Rezende(PRP) que usou R$3.851,39. Os gastos são de janeiro a novembro do ano passado, já que os valores de dezembro ainda não foram divulgados pela casa.

Somente com combustível Kim e sua equipe utilizaram R$ 1.931,37. Se o valor for dividido pelo preço médio do combustível na cidade que é de R$ 3,70, somaria 520 litros. Em um carro popular que faz 10km/litro o vereador poderia andar mais de 5.200 quilômetros.

Outro gasto alto do gabinete foi com telefone celular, só esta despesa custou aos cofres públicos R$ 1.209,06. Welington preferiu gastar a verba com ‘xerox’, usando o valor de R$1.454,40. Judith e sua equipe fizeram muitas ligações e utilizaram R$ 1.842,80 com telefones celulares da Câmara.

Na última posição, como sendo o vereador que menos gastou está Marschelo Meche(PSDB), que usou R$898,39 com cópias, telefone fixo e correspondências.

Confira os gastos de cada vereador:
1- Kim – R$5.681,37
2- Judith Batista (PDT) R$4.435,19
3- Welington Rezende (PRP) R$3851,39
4- Thiago Martins (PV) R$3.689,29
5- Odir Demarchi (PR) R$3.097,14
6- Luiz Cezareto (PP) R$3.095,48
7- Otto Kinsui (MDB) R$2.876,12
8- Sérgio(PT) R$2.798,60
9- Maria Giovana(PC do B) R$2.757,45
10- Thiago Brochi(PSDB) R$2.610,67
11- Rafael Macris (PSDB) R$2.552,52
12- Gualter Amado (PRB) R$2.507,80
13- Pedro Peol (PV) R$2.281,29
14- Léo da Padaria (PC do B) R$2.064,38
15- Vagner Malheiros (PDT) R$1.927,14
16- Juninho Dias (MDB) R$1.557,74
17- Alfredo Ondas (MDB) R$1.497,55
18- Guilherme Tiosso (PROS) R$1.218,53
19- Marschelo Meche (PSDB) R$898,39

Geraldo Fanali que assumiu em dezembro a cadeira que era de Tiosso não teve os gastos divulgados.


Governo apresenta metas prioritárias para os primeiros 100 dias

Notícia Anterior

Vanderlei e Cauê Macris enviam cartões para senhora morta há 6 anos

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano