Cotidiano

Padre Leandro é condenado a 21 anos de prisão por abusos sexuais

0
Foto: Reprodução/Facebook
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Semana do consumidor

O ex-reitor da Basílica de Santo Antônio de Americana, Pedro Leandro Ricardo, foi condenado a 21 anos de prisão, em regime fechado, por abusos sexuais. Em março deste ano, o Papa Francisco decidiu pela demissão do estado clerical do padre.

A sentença foi dada nesta quinta-feira(19), pelo Dr. Rafael Pavan de Moraes Filgueira, da Vara Criminal de Araras.

Leandro era acusado pelo Ministério Publico de abusar sexualmente de quatro coroinhas, mas a justiça o considerou culpado em dois casos ocorridos em 2002 e 2005. Em um dos casos, o ex-padre teria passado a mão em uma das vítimas e, em seguida, feito sexo oral sem o consentimento.

Para a justiça, Leandro  ‘valia-se de sua posição sacerdotal, de sua boa
reputação à época e da força religiosa, para perpetrar os abusos relatados nos autos’.

A pena do réu teve a majoração reprimenda, em 1/6, e, na terceira fase, o juiz considerou que Leandro perpetrou as condutas delitivas utilizando-se da autoridade religiosa que exercia na comunidade em que atuava, fazendo com que todos o obedecessem e respeitassem. “Portanto, de acordo com o art. 226, inc. II, do Código Penal, a pena deve ser aumentada em 1/2”, diz a sentença.

Leandro poderá recorrer em liberdade. O Portal de Americana não conseguiu localizar a defesa de Leandro, o espaço segue aberto para posicionamento.


Lula se casa com Janja em SP

Notícia Anterior

Secretaria de Habitação adquire duas motocicletas para fiscalização e projetos

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano