Geral

Vereadora Nathália Camargo propõe multa para quem acorrentar animais

0
nathalia cachorro
Fotos:~Divulgação/Reprodução
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
FAM 2023

A vereadora Nathália Camargo (Avante) protocolou um projeto de lei na secretaria da Câmara Municipal de Americana em que propõe alteração na lei municipal nº 4.547/ 2007, que trata do Estatuto de Defesa, Controle e Proteção dos Animais, para proibir manutenção de animais presos em correntes ou dispositivos similares.

De acordo com a parlamentar, o acorrentamento contínuo e prolongado de animais tem sido associado a diversos problemas comportamentais e de saúde nos animais, que frequentemente sofrem de isolamento social, ansiedade, agressividade e diversos problemas físicos decorrentes da restrição de movimento e da falta de interação adequada.

canal whats

“A legislação federal brasileira já estabelece penalidades para atos de abuso, maus-tratos, ferimento ou mutilação de animais. No entanto, a especificação da proibição do acorrentamento na legislação municipal representa um passo adicional e necessário para a proteção animal”, explica Nathália.

No projeto, a autora estabelece que, em caso de descumprimento, estabelecimentos comerciais receberão multas entre 100 UFESPs (Unidade fiscal do estado de São Paulo) e 400 UFESPs, equivalente a R$ 3.426,00 e R$ 13.704,00, respectivamente; para pessoas físicas, as sanções serão aplicadas progressivamente, com multas que variam de 50 a 200 UFESPs, com proibição para participação em concursos públicos no município.

Ainda na proposta, Nathália dispõe que os valores arrecadados com as multas serão integralmente destinados às ações de proteção e bem-estar animal. O projeto de lei será encaminhado às comissões pertinentes e, não havendo impedimento legal para sua tramitação, será discutido e votado pelos vereadores em Plenário, durante sessão ordinária.



Chico anuncia reforma da maternidade do Hospital Municipal nesta quinta

Notícia Anterior

Prefeito Chico anuncia início da reforma da maternidade do Hospital Municipal

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Geral