Cotidiano

Americana é a quarta cidade da RMC que mais gerou empregos em agosto

0
Foto: Fernando Giordano Aéreas
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Semana do consumidor

Americana é a quarta cidade da Região Metropolitana de Campinas (RMC) que mais gerou empregos no mês de agosto, segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho e Previdência, divulgados nesta quinta-feira (29), ficando atrás apenas de Campinas, Paulínia e Indaiatuba.

Em agosto, foram 4.086 admissões e 3.543 demissões, com um saldo positivo de 543 postos de trabalho. Na microrregião formada pelas cidades de Santa Bárbara d’Oeste, Nova Odessa, Sumaré e Hortolândia, Americana ficou na primeira colocação na geração de empregos.

No acumulado do ano, foram 30.283 admissões, 27.190 desligamentos e saldo positivo de 3.093. Nos últimos 12 meses, de setembro de 2021 a agosto de 2022, foram 44.169 contratações, 39.800 demissões, com saldo de 4.369.

“A cidade de Americana tem ficado, há vários meses, entre as primeiras em geração de emprego na região. Isso demonstra que nossa economia, mesmo em momentos de crise, tem encontrado alternativas de crescimento. E não podemos esquecer dos investimentos que a gestão Chico Sardelli tem realizado, com a criação de programas como o Futuro Certo e o Comitê de Retomada Econômica”, salientou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Rafael de Barros.

Os relatórios do Caged demonstram, ainda, que o maior saldo de empregos ocorreu na área de serviços (241), seguido do comércio (173), indústria (80) e construção (50).

Os números registram também que o saldo é maior entre as mulheres (317) do que entre os homens (226).


Ala 3 do Hospital Municipal recebe novo piso

Notícia Anterior

Americana e Santa Bárbara farão última motocarreata pró-Bolsonaro antes da eleição

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano