Cotidiano

Americana pede ao governo do estado casa para acolhimento de mulheres

0
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Tivoli Teatro

A Prefeitura de Americana está pleiteando a implantação do projeto Casa da Mulher em SP para apoio às políticas públicas de atendimento, proteção, acolhimento e inclusão das mulheres vítimas de discriminação e violência. O programa foi lançado, nesta segunda-feira (23), pelo governador João Dória. A secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Juliani Hellen Munhoz Fernandes, participou da cerimônia de lançamento.

“Serão contemplados com o projeto 40 municípios, sendo 20 na primeira fase do programa. Americana tem todas as condições de receber a Casa da Mulher, pois tem instituído o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher com o desenvolvimento de diversas ações, tem políticas de atendimento na rede de proteção envolvendo diversas secretarias municipais e está pleiteando o projeto Casa da Mulher para viabilizar outros serviços e incrementar o atendimento”, disse a secretária de Assistência Social e Direitos Humanos de Americana.

De acordo com o governo do estado, o programa prevê a assinatura de convênio no valor de R$ 725 mil para a implantação da Casa da Mulher. O projeto também envolverá diversas secretarias para suporte jurídico, psicológico e social qualificação profissional, apoio ao empreendedorismo, trabalho e renda, acessibilidade, com acompanhamento de uma equipe multidisciplinar.

A diretora de Assistência Social e Direitos Humanos, Beatriz Betoli Bezerra, também acompanhou a cerimônia de lançamento do projeto.


Meche pede ações de conscientização contra violência obstétrica

Notícia Anterior

Cabeça de criança é localizada em empresa de reciclagem

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano