Brasil e MundoCotidiano

Governo de SP será disputado em segundo turno entre João Dória e Marcio França

0
Fotos: Reprodução/Facebook
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
FAM 2023

Depois de muita disputa em torno do segundo lugar, o ex-prefeito João Doria (PSDB) e o governador Márcio França (PSB) concorrerão ao comando do estado de São Paulo no segundo turno. Com 99,99% das urnas apuradas, Doria está com 32,20% e França, com 21,83% dos votos válidos.

Paulo Skaf (MDB) ficou em terceiro, com 21,38%. Em quarto, ficou Luiz Marinho (PT), com 12,83%.


????Participe do grupo de empregos do Portal de Americana no WhatsApp. Clique no link: https://bit.ly/3TIWfzS

Perfis
João Doria é ex-prefeito de São Paulo, eleito em 2016. Tem 58 anos e é formado em jornalismo e publicidade. Foi apresentador de televisão, com programas na TV Bandeirantes, Manchete e Rede TV! Empresário, tem um grupo de marketing que promove eventos e iniciativas culturais e publicações.

Em 2003, fundou o Grupo de Líderes Empresariais (Lide), entidade com 1,7 mil empresas filiadas. Foi secretário de Turismo da capital paulista na gestão do então prefeito Mário Covas e presidente da Empresa Brasileira de Turismo (Embratur) no governo do presidente José Sarney.

Márcio França, atual governador do estado de São Paulo, é advogado e professor, foi vereador, prefeito, deputado federal, secretário de estado e vice-governador. Nasceu em Santos a 23 de junho de 1963. Começou sua carreira política como líder estudantil na Faculdade de Direito de Santos. É filiado no PSB há 30 anos, seu único partido.

França foi eleito vereador por dois mandatos em São Vicente (1989-1996). Em 1997 foi eleito prefeito e, depois, eleito e reeleito deputado federal (2007 a 2014). Também foi secretário de Turismo do Estado de São Paulo no governo de Geraldo Alckmin e vice-governador. Assumiu o estado com a saída de Alckmin para disputar a eleição presidencial.


Unimed 1


Odir, Maria Giovana, Molina e Tiosso não se elegem

Notícia Anterior

Americana elege apenas Cauê e Vanderlei Macris

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.