Variedades

Loja sustentável oferece roupa infantil até 70% mais barata em Americana

0
Foto: Will Moreira/PA
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
FAM 2023

Com os bebês crescendo cada vez mais rápido, a dúvida das mamães é sempre o que fazer com as peças usadas. Muitas vezes as roupinhas ou acessórios são  usados apenas uma vez ou a criança nem chega a vestir.

Pensando nisso a Pipelette Baby trouxe para Americana em 2018 um  Loja Infantil Diferente e inteligente de tudo que você já viu, sendo a pioneira na cidade com conceito Sustentável como primeira loja de rua, trabalhando em parceria com grandes marcas como a Burigotto. Inspirando em um modelo de negócio do exterior a marca aposta no consumo consciente e oferece produtos com valores de 40% a 70% mais barato que as lojas convencionais.

canal whats

A loja vende roupas do tamanho RN até 8 anos, calçados e acessórios para o bebê quase novos. Além disso o diferencial da loja e que o cliente  pode levar suas peças para serem avaliadas e o valor gerado pode ser convertido  como desconto na compra de produtos quase novos.

A qualidade das roupas e calçados é um dos diferenciais da loja. “Nós avaliamos cada peça individualmente. Elas são enviada para a lavanderia especializada onde são  higienizadas e voltam prontas para venda. São  peças únicas e exclusivas tratadas com muito carinho, pois vendemos sonhos para as mamães que estão ansiosas à espera dos bebês, o bem mais precioso que temos”, diz a proprietária Greice Guerra.

A Pipelette Baby fica na Rua Olavo Bilac, 11, no Centro de Americana. Para conhecer mais sobre a loja, acesse a página do Facebook neste link ou Instagram. Se preferir entre em contato através do Whatsapp (19) 99563-9961 (clique aqui).

A loja funciona de segunda a sexta das 9h às 18h e aos sábados das 9h às 14h.

Confira as fotos

Publipost

 



Maju Coutinho vai apresentar o Fantástico ao lado de Tadeu Schmidt

Notícia Anterior

Bolsonaro pretende dobrar pontos para suspensão de CNH

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Variedades