Política

Dia da Consciência Negra é dia do “vitimismo e hipocrisia”, diz vereador de Santa Bárbara

0
Foto: Reprodução
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Tivoli Natal

O vereador Felipe Corá(Patriotas), de Santa Bárbara d’Oeste, afirmou durante a sessão da Câmara Municipal desta terça-feira(23), que o dia da Consciência Negra, celebrado no último sábado (20), é “o dia da hipocrisia, do vitimismo e da divisão racial”.

Em sua fala, após um discurso da vereador Esther Moraes (PL) que leu uma carta escrita por movimentos sociais.

“Eu sou totalmente contra o feriado da Consciência Negra. Eu sou a favor da consciência humana. Esse feriado nada mais é do que um dia que pra turma da ‘lacrolândia’ gosta de fazer média com as minorias do país, dividir o Brasil e fazer proselitismo político com os segmentos desse país. O dia 20 de novembro nada mais é que um projeto para causar divisão racial no Brasil. É uma hipocrisia falar que um dia no ano vai combater o racismo”, disse Corá.

O vereador também disse que a data é uma oportunidade para as pessoas que fazem proselitismo político atacarem o presidente Jair Bolsonaro(sem partido).  A data foi instituída em âmbito nacional mediante a lei nº 12 519, de 10 de novembro de 2011, quando Bolsonaro não era presidente.


Vereador quer proibir banheiros unissex em Santa Bárbara

Notícia Anterior

SP retira obrigação de máscaras em locais abertos a partir de 11 de dezembro

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Política