Cotidiano

Vereadora questiona prefeitura sobre fornecimento de absorventes para mulheres vulneráveis

0
Foto: Marco Verch/ Flickr
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Tivoli dois amores 2021

A vereadora de Santa Bárbara d’Oeste, Esther Moraes (PL), assina o Requerimento nº 137/2021, por meio do qual pede informações à Administração Municipal acerca do tema “pobreza menstrual” de mulheres e meninas em Santa Bárbara d’Oeste. “A pobreza menstrual vai muito além da falta de dinheiro para comprar produtos de higiene adequados. Ela denuncia um problema global da falta de acesso à água, saneamento básico e desigualdade social”, afirma a parlamentar.

Esther considera que moradoras de rua, mulheres que vivem em abrigos ou em campos de refugiados e pessoas em situação de pobreza são as populações mais vulneráveis a esse problema. Ela acrescenta que milhares de meninas deixam de ir à escola e mulheres faltam ao trabalho por estarem menstruadas e não terem acesso a absorventes, pois não têm condições financeiras para comprar.

Esther destaca a urgência dessa questão ao alertar para a situação de mulheres que, por motivo de economia, acabam recorrendo a materiais inadequados, como jornal, papel higiênico, miolo de pão ou tecidos, ou realizam trocas infrequentes do material, o que pode gerar riscos à saúde, como infecções.

No requerimento, a vereador pergunta se o Poder Executivo, representado pelas secretarias de Promoção Social e de Saúde, já realizou debate sobre pobreza menstrual; se existe alguma estatística ou relatos de mulheres que procuraram os serviços públicos solicitando acesso a absorventes; e se há alguma política pública municipal que trabalhe essa demanda.


Utransv revitaliza sinalização na Avenida Comendador Thomaz Fortunato

Notícia Anterior

Deputado bolsonarista é preso pela Polícia Federal

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano