Cotidiano

Americana é primeira colocada em projeto sobre amamentação

0
Foto: Divulgação
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
FAM 2023

Com a participação de 25 municípios paulistas, Americana foi classificada em primeiro lugar no 1º Congresso Regional do Programa São Paulo Pela Primeiríssima Infância, onde também ocorreu a 1ª Premiação de Práticas de Promoção ao Desenvolvimento Infantil, ambos os eventos organizados pelo Comitê Municipal do Programa Primeiríssima Infância, de Cabreúva (SP). O congresso ocorreu no último sábado (25/11) em Cabreúva e contou com aproximadamente 200 profissionais e estudantes das áreas de saúde, educação e assistência social.

O objetivo do Congresso e da premiação foi contribuir para a educação continuada de profissionais e estudantes das respectivas áreas por meio da socialização de práticas exitosas em promoção ao desenvolvimento da primeiríssima infância. O congresso também visa a qualificação da assistência prestada às gestantes e crianças de zero a três anos e seus familiares.

canal whats

Convidadas para realizar uma apresentação oral, a fonoaudióloga, Graciele Coral Fonseca, e a enfermeira, Maria Aparecida Mori Chen estiveram representando Americana com o projeto “Mamãe Nenê na Creche”, que recebeu a primeira colocação no evento. Trata-se de um projeto que busca incentivar, apoiar e proteger o aleitamento materno e o desenvolvimento saudável nas 21 creches municipais e berçários.

O projeto, que tem a parceria da Secretaria de Educação, teve início em 2013 e mobilizou 470 funcionários que receberam capacitação sobre os benefícios da amamentação, os quais passaram a incentivar as mãe a irem até a creche para amamentar, ou trazer seu leite ordenhado; sobre os maus hábitos orais, entre outros. Trata-se de uma das diretrizes do programa Mamãe Nenê, que é mantido juntamente com a Clínica de Fonoaudiologia, na UBS (Unidade Básica de Saúde) Cillos.

Em 2015, foram 16 creches (76%) que implantaram o projeto e em 2016 as cinco restantes (24%) concluíram a implantação. Com isso, durante as inscrições para vagas, as creches passaram a incentivar as mães sobre a importância da continuidade da amamentação, durante o tempo em que a criança permanece no estabelecimento. De acordo com dados da Secretaria de Educação, em 2016 foram realizados 2.664 atendimentos, contemplando 664 bebês.

A fonoaudióloga coordenadora do Mamãe Nenê, Sandra Possobon, explica que para o aperfeiçoamento das ações o setor realiza uma revisão constante das diretrizes, considerando o fato de que a Secretaria de Educação realiza, anualmente, novas atribuições de cargos aos seus profissionais. “Acreditamos que o trabalho desenvolvido junto às equipes de outros setores é essencial para alcançarmos êxito nas propostas do projeto, para isso, o apoio dos gestores tem sido fundamental e determinante.” destacou.

Em 2017, a unificação dos serviços que atendem gestantes na UBS (Unidade Básica de Saúde) Cillos, juntamente com o programa Mamãe Nenê tem favorecido para estruturação da linha de cuidado dessa demanda. Entre os procedimentos realizados pelo programa Mamãe Nenê estão o Aleitamento Materno, consultas de profissionais, orientações sobre fases do desenvolvimento infantil em questões de vínculo afetivo, aquisição de linguagem, saúde bucal, introdução alimentar, entre outros. Desde o início do programa, em 2009, já foram 3.330 atendimentos.

Sandra considera que a premiação serviu para mostrar que o serviço realizado em Americana está no caminho certo e que servirá de motivação para que a equipe continue prestando um serviço de qualidade. “Estamos muito contentes com esse reconhecimento, isso mostra a importância do projeto e ajuda a manter a equipe motivada e unida na busca pela excelência da qualidade no trabalho prestado à população”, concluiu.



Liga do Bem vai sortear três viagens de natal para famílias carentes

Notícia Anterior

Contribuintes inadimplentes têm até hoje para negociar dívidas

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano