Cotidiano

Americana registra quatro mortes por Covid-19

0
Foto: Will Moreira
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Semana do consumidor

A Vigilância Epidemiológica de Americana informou nesta terça-feira (28), que foram registrados mais quatro óbitos causados pela Covid-19, sendo:

– Homem, 68 anos, morador do bairro Parque da Liberdade, com doença cardiovascular crônica, que faleceu no dia 24 de junho;

– Homem, 94 anos, morador do bairro Jardim da Paz, com suboclusão intestinal, que faleceu no dia 25 de junho;

– Homem, 85 anos, morador do bairro Antônio Zanaga, com doença cardiovascular crônica, que faleceu no dia 25 de junho;

– Homem, 89 anos, morador do Centro, sem informações de doenças preexistentes, que faleceu no dia 26 de junho.

Os quatro pacientes estavam internados no Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi.

Novos Positivos
Entre os dias 24 e 27 de junho, o município registrou 586 novos casos positivos de Covid-19, sendo 386 após a realização de Teste Rápido, dos quais 284 estão em isolamento domiciliar e 102 já recuperados; e 200 após realização de exame PCR, dos quais 36 estão em isolamento domiciliar, 156 já recuperados, quatro internados, além dos quatro óbitos registrados.

Quadro geral
O quadro geral da Covid-19 em Americana é o seguinte: 41.615 casos positivos, sendo 12 internados, 970 óbitos, 1.094 em isolamento domiciliar e 39.539 recuperados. Além disso, o município contabiliza agora 82.262 casos que eram considerados suspeitos, mas que já foram descartados pelo resultado de exame negativo.

Ocupação geral de leitos
Nesta terça-feira (28), a taxa geral de ocupação de leitos para Covid-19 no município é de 31,58% de leitos com respiradores (de 19 no total, 6 ocupados) e de 23,08% de leitos sem respiradores (de 26 no total, 6 ocupados).

Ocupação por unidade hospitalar
No Hospital Municipal, a taxa de ocupação é de 50% leitos para leitos com respiradores (de 4 no total, 2 ocupados) e de 100% para leitos sem respiradores (de 3 no total, 3 ocupados);

No Hospital São Lucas, a taxa é 100% para leitos com respiradores (de 1 no total, 1 ocupado) e 100% para leitos sem respiradores (de 1 no total, 1 ocupado);

No Hospital São Francisco, a taxa é de 10% para leitos com respiradores (de 10 no total, 1 ocupados) e zero para leitos sem respiradores (de 14 no total, nenhum ocupado);

No Hospital Unimed, a taxa é 50% para leitos com respiradores (de 4 no total, 2 ocupados) e de 25% para leitos sem respiradores (de 8 no total, 2 ocupados).


Indicado de Bolsonaro é eleito presidente da Segunda Turma do STF

Notícia Anterior

Ameaçado de extinção, cervo-do-pantanal nasce no Zooparque Itatiba

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano