Cotidiano

Americana tem duas mortes suspeitas de Febre Amarela

0
Foto: Divulgação
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 

Duas mortes ocorridas neste final de semana no hospital municipal Dr. Waldemar Tebaldi, em Americana estão sendo investigadas pelo Instituto Adolfo Lutz. As informações foram confirmadas pela vigilância epidemiológica do município.

De acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura, um dos pacientes, um homem de 53 anos, morador do bairro São Vito, deu entrada no HM no dia 4 de maio, com febre, mal-estar, dor abdominal, dores musculares e convulsão. Ele ainda apresentava predisposição para hemorragias, já que estava com taxa de plaquetas muito baixa. O paciente não resistiu e morreu no sábado, dia 5. De acordo com familiares, nos últimos 15 dias ele esteve em uma pescaria, porém não souberam informar o local exato.

Um outro paciente, também um homem, de 25 anos, morador do bairro Jardim São Paulo, foi internado no dia 3 de maio, mas veio a falecer no dia seguinte. Ele apresentava febre, náuseas, dores no estômago, vômito, dor abdominal, dores musculares e prostração. A família informou que ele esteve recentemente em uma área rural, mas a vigilância ainda não conseguiu dados sobre a exata localização. Neste caso foram colhidas amostras para sorologia referente à febre maculosa e febre amarela.

A causa das duas mortes não foram confirmadas e amostras laboratoriais foram enviadas ao Instituto Adolfo Lutz, que irá investigar se foram ocasionadas por febre amarela, dengue, febre maculosa ou leptospirose.


Banco de Sangue necessita do tipo O negativo

Notícia Anterior

Cover de Elton John encerra a temporada de festival no Tivoli Shopping

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano