Cotidiano

Americana terá reajuste de 13,34% na tarifa de água e esgoto

0
Foto: Susy Coutinho
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
Semana do consumidor

O Conselho de Regulação e Controle Social dos Serviços de Saneamento Básico do município de Americana aprovou, por unanimidade, em reunião on-line realizada na manhã desta sexta-feira (28), a proposta de reajuste de 13,34% nas tarifas de água e esgoto e de 10,74% nos valores dos preços públicos dos demais serviços prestados, que foi apresentada pela Agência Reguladora ARES-PCJ.

Com este reajuste, o valor do m³ da tarifa mínima cobrada pelo DAE (Departamento de Água e Esgoto) passa de R$3,33 para R$3,77. De acordo com a autarquia, esse reequilíbrio financeiro é necessário neste momento, pois os custos para a prestação dos serviços aumentaram consideravelmente desde o último reajuste, ocorrido há três anos, em 2019.

Apenas nos últimos 12 meses, a energia elétrica, que é a maior despesa do DAE atualmente, subiu 21,25%, o que representa um aumento mensal de aproximadamente R$300 mil. O custo da autarquia com energia elétrica é de cerca de R$1,5 milhão/mensal. Já os materiais de consumo, que são todos os materiais utilizados para tratamento da água e todo tipo de manutenção, tiveram um aumento de 32,89%. Outro custo a ser destacado é com os serviços terceirizados, que envolvem equipes de manutenção de rua, limpeza e portaria, por exemplo, que tiveram um aumento de 18,19% em um ano.

O superintendente do DAE, Carlos Cesar Gimenez Zappia, destacou que, mesmo com o reajuste aprovado, Americana ainda tem uma das tarifas mais baixas da região. “O valor cobrado pelo DAE pelo metro cúbico de água é menor do que vários municípios, como Santa Bárbara d’Oeste, Sumaré, Nova Odessa, Paulínia, Limeira, Indaiatuba e Campinas, apenas para citar alguns. Isso demonstra que estamos utilizando os recursos disponíveis com seriedade, fazendo os investimentos necessários, mantendo uma tarifa baixa, principalmente para aqueles que estão atentos para um consumo racional da nossa água”, ressaltou.

O reajuste passa a valer após 30 dias da publicação da decisão do conselho no Diário Oficial do município.


Anvisa aprova uso e comercialização de autoteste para covid-19

Notícia Anterior

Banco de Sangue de Americana necessita de todos os tipos sanguíneos

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano