Cotidiano

Bolsonaro e Dória trocam farpas sobre F1 e eleição de 2022

0
Foto: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
FAM 2023

O presidente Jair Bolsonaro(PSL), disse nesta segunda-feira(24), que João Dória Jr.(PSDB) parece ‘querer ser presidente’ em 2022. A frase foi dita durante uma entrevista sobre a mudança da Formula 1 de São Paulo, onde Dória é governador, para o Rio de Janeiro.

“Não vai ter guerra, não, somos Brasil. A imprensa diz que ele será candidato à Presidência em 2022, então ele tem de pensar no Brasil. Se ele disputar a reeleição, aí ele pensa no seu Estado. Melhor ficar no Rio do que não ficar em lugar nenhum”, disse o presidente sobre a transferência da competição.

canal whats

O governador paulista rebateu o presidente e disse que a questão envolvendo a transferência do campeonato para outro estado não é questão política e sim econômica. “Não é hora de eleição, é hora de gestão”, afirmou o tucano que na eleição passada fez dobradinha com Bolsonaro com a campanha “bolsodória”.

As farpas reforçam o distanciamento entre os dois políticos.

Formula 1
O presidente Jair Bolsonaro recebeu, na tarde de hoje, no Palácio do Planalto, o CEO do Liberty Media, grupo que controla a Fórmula 1, Chase Carey; e o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel. Após o encontro, Bolsonaro se mostrou otimista para que a etapa brasileira da Fórmula 1 seja disputada no Rio de Janeiro a partir de 2021 e não mais em São Paulo.

“Nós não perderemos a Fórmula 1. O contrato vence ano que vem com São Paulo e eles resolveram voltar ao Rio de Janeiro. [São] 99% de chance, de termos a Fórmula 1 a partir de 2021 no Rio de Janeiro. Obviamente, as consequências positivas da Fórmula 1 aqui são muito boas”, disse o presidente.



Acidente na Iacanga deixa homem preso nas ferragens

Notícia Anterior

Arcor abre vagas para setor de produção

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano