Cotidiano

Chico anuncia instalação de 933 câmeras em escolas municipais

0
52759952207 3bc8a46c02 c
Foto: Divulgação
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
FAM 2023

O prefeito de Americana, Chico Sardelli, anunciou nesta segunda-feira (20) o lançamento do Programa Escola Segura, abrangendo o videomonitoramento em todas as escolas e prédios da Secretaria de Educação, o treinamento de educadores para atuarem em situações extremas e a adoção de um botão do pânico nas escolas. Ao todo, 933 câmeras de videomonitoramento serão instaladas.

A cerimônia foi realizada no Villa Americana, com a presença do vice-prefeito Odir Demarchi; do secretário de Educação, Vinicius Ghizini, do comandante da Guarda Municipal de Americana (Gama), Marco Aurélio da Silva; do inspetor da corporação, Wendeo Santos e do presidente da Câmara, vereador Thiago Brochi.

canal whats

“O Escola Segura é um programa elaborado com muito carinho pela nossa Administração. O vice-prefeito Odir e eu trabalhamos diariamente para entregar uma Educação de qualidade para as famílias americanenses e essa preocupação passa também por garantir a integridade dos nossos alunos e a tranquilidade dos pais. Por isso, desenvolvemos esse programa que vai tornar nossas escolas um ambiente ainda mais acolhedor e seguro para nossas crianças. Quem é pai, quem é mãe fica feliz em saber que as pessoas estão cuidando, olhando e tendo uma visão segura do que está acontecendo nas escolas.”, declarou o prefeito Chico Sardelli.

O Escola Segura foi desenvolvido em uma parceria entre a Secretaria de Educação e a Gama. A primeira das ações prevê a locação de sistema de videomonitoramento nas escolas municipais, com a criação de um cercamento digital através de sensores de presença e alarmes instalados nos prédios da rede municipal de Educação.

“É um marco na vida do americanense um anúncio como esse, levando segurança e tranquilidade para os pais de nossos alunos e para nossos educadores”, declarou Odir.

O sistema de câmeras vai monitorar corredores, entrada, saída e fachadas das escolas e demais prédios da Educação, garantindo a vigilância dos ambientes internos e externos. Além disso, a rede de sensores e alarmes instalada permitirá à Gama a visualização do território da escola em tempo real, em caso de movimentação suspeita. Todos os sistemas estarão integrados ao Centro de Controle e Operação Municipal (CCO) da Guarda, que será acionada imediatamente em caso de invasão. O sistema não substitui as rondas escolares, que continuarão sendo realizadas pela corporação.

“Hoje é um dia de extrema felicidade pois esse momento vai entrar para a história de Americana. A Administração marca presença com um programa de segurança inédito e estamos nos antecipando para que situações complexas não ocorram. O programa apresenta um dos mais modernos sistemas de monitoramento à disposição atualmente, com o uso de câmeras de alta tecnologia para transmitir as imagens do ponto exato em que pode haver uma situação de risco nas escolas. A Gama esteve em outros municípios para conhecer as tecnologias existentes e, durante o último ano, o inspetor Wendeo Santos e demais patrulheiros da corporação desenvolveram, em parceria com a Educação, este projeto que com certeza trará um ganho em segurança para as famílias americanenses”, explicou o comandante da Gama, Marco Aurélio da Silva.

Ghizini comemorou a adoção do programa. “É um programa muito simbólico e que, na prática, vai mudar a realidade de nossas escolas. Americana está dando um salto à frente com um programa tão completo na segurança e monitoramento de nossas unidades. A partir do momento em que tivermos esse contrato, vamos instalar 933 câmeras nas escolas e, mais do que as câmeras em si, trata-se de um sistema de inteligência para acompanhar todas as ocorrências nas escolas. As escolas já eram felizes, prefeito, e como o sr. disse, além de felizes, serão seguras”, declarou.

A instalação do sistema de monitoramento será sucedida do treinamento dos profissionais que atuam nas escolas. Eles receberão explicações sobre o funcionamento do sistema e noções sobre como proceder em situações de risco.

A direção das escolas também vai indicar servidores para a utilização do Botão do Pânico – um aplicativo para ser acionado pelo celular. Os profissionais selecionados receberão orientações sobre situações de risco e serão cadastrados pela Gama e, no momento do acionamento, os dados de localização serão automaticamente transmitidos para Centro de Controle e Operação Municipal da corporação, para o deslocamento prioritário das viaturas à escola.



Adolescente desaparece em praia do Guarujá após ser levado por correnteza

Notícia Anterior

Flávio Bolsonaro prepara candidatura à Prefeitura do Rio com apoio de Costa Neto

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano