Cotidiano

EDITORIAL: Americana não precisa de menos vereadores, precisa de vereadores mais comprometidos

0
Foto: Divulgação/Câmara
------ CONTINUA APÓS PUBLICIDADE ------ 
FAM 2023

O Portal de Americana noticiou nesta semana que quatro vereadores apresentaram um projeto de emenda a Lei Ogânica do Município, que reduz de 19 para 15 o número de vereadores na cidade. O projeto é assinado por Welington Rezende (PRP), Geraldo Fanali(PRP), Juninho Dias(MDB) e Marschelo Meche(PSDB).

Para seguir em tramitação, o texto precisa ainda ganhar mais 3 assinaturas e ainda e ser aprovada em sessão por 13 vereadores, o quórum de dois terços da casa.


????Participe do grupo de empregos do Portal de Americana no WhatsApp. Clique no link: https://bit.ly/3TIWfzS

Americana não precisa da redução do número de vereadores, precisa, na verdade, de vereadores mais comprometidos com a cidade. Essa é a dificuldade. Os edis precisam sair de seus gabinetes e ir para a rua ver a necessidade dos munícipes, acompanhar de perto os problemas enfrentados pela cidade.

A redução mostra não somente a necessidade de economia, mas também a falta de necessidade dos mesmos. O projeto é uma autoafirmação da ineficiência dos fiscalizadores do povo.

A ideia de cada um dos vereadores sair a rua para conhecer os problemas da população traria a mesma economia. Como? O corte de um assessor, dos três que cada vereador tem direito. Somente um dos cargos recebe R$ 5,2 mil por mês. A economia com o corte de 19 assessores seria de aproximadamente R$ 1.185.600 (um milhão cento e oitenta e cinco mil e seiscentos reais). Mas isso obrigaria os eleitos pelo povo a trabalharem mais.

Outra saída plausível seria o maior comprometimento de cada vereador, afinal o que a cidade precisa é, de fato, ser mais representada e ter suas demandas atendidas.


Unimed 1


Eclipse total da lua acontece neste domingo e poderá ser visto no OMA

Notícia Anterior

Loja de roupas de Americana é destruída por incêndio

Próxima Notícia

Aproveite e leia também

Comentários

Não é permitido comentar nesta notícia.

Mais em Cotidiano